Paulo Câmara prestigia aula inaugural dos 511 aprovados no concurso de agente da Polícia Civil


Reforçar a segurança pública e o bem estar dos pernambucanos. Esse é o objetivo prioritário para os 511 aprovados no concurso de agente da Polícia Civil de Pernambuco, que iniciaram nesta segunda-feira o Curso de Formação da Academia Integrada de Defesa Social (Acides). O fortalecimento dos quadros da instituição corrobora o crescente investimento feito no âmbito da segurança, cujo orçamento em 2019 já alcança R$ 4,7 bilhões.

A aula inaugural, no Centro de Convenções, foi comandada pelo governador que, ao falar para os futuros agentes, ressaltou a importância do trabalho da Polícia Civil para a manutenção da segurança no Estado e no País. “A gente tem muita certeza de que não é fácil. Vai exigir muito dos senhores e das senhoras. Mas vocês vão estar prontos para dar respostas, para trabalhar, para ajudar Pernambuco nesse movimento e, ajudando Pernambuco, a gente ajuda o Brasil a ser um país melhor, menos violento e menos desigual”, declarou.

“A continuidade desse movimento de redução da violência em Pernambuco exige cada vez mais trabalho e determinação. Vamos continuar atuando na repressão sempre que necessário, mas vamos também dar as respostas através da prevenção”, acrescentou o governador, referindo-se ao permanente trabalho do Governo de Pernambuco no âmbito da segurança pública.

Com carga de 716 horas/aula, o treinamento segue até 27 de dezembro. O Curso de Formação tem caráter classificatório e eliminatório, e inclui disciplinas como Investigação Policial; Inteligência de Polícia Judiciária; Abordagem Policial; Armamento, Munição e Tiro; Direitos Humanos; Criminalística; Prática Policial; e Gerenciamento de Crises e Desastres.

“Desde 2017 nós temos observado a melhoria na qualidade e na celeridade das investigações policiais. Todas as delegacias de Pernambuco foram reforçadas com efetivo novo a partir de 2018, e agora, em 2019, nós já estamos iniciando essa nova academia, com a possibilidade real de, já em janeiro de 2020, contar com mais de 500 novos agentes de Polícia Civil para reforçar e ampliar essa melhora na qualidade da investigação policial”, explicou o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua. “Quero agradecer ao governador Paulo Câmara todo o apoio que vem sendo dado à Secretaria de Defesa Social. Pode ter certeza que os resultados e o nosso compromisso vão continuar, para que a gente possa, cada vez mais, diminuir o número da violência no Estado”, finalizou.

“É importante frisar que o dia de hoje é bastante significativo, é uma demonstração inequívoca do compromisso do governador com os pernambucanos e com a valorização da Polícia Civil de Pernambuco. Nós já vamos no 20º mês consecutivo de redução nos homicídios e ao 23º mês de diminuição nos roubos. São 511 novos agentes de polícia, que se somam às fileiras da nossa corporação e que continuarão com o trabalho de redução contínua dos crimes contra a vida”, afirmou o chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Kehrle.

Participante do Curso de Formação, Leilane Carla de Sobral afirmou que deseja trabalhar para se tornar delegada. "Essa convocação veio na hora certa. Será um reforço importante para o Estado. A expectativa é trabalhar por um futuro melhor e, possivelmente, para um cargo de delegada, que é o que eu almejo. Tenho duas filhas e quero proporcionar uma sociedade mais segura para elas", disse a aluna.

Estiveram presentes à solenidade o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros; o subchefe da Polícia Civil, Nehemias Falcão; a delegada do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRACO), Silvana Lelis; o chefe de Recursos Humanos da Polícia Civil, Benedito Anastácio; e o diretor da Academia da Polícia Civil (ACADEPOL), Salustiano Albuquerque.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial