Dilson Peixoto prestigia inauguração de sistema integrante de projeto inovador de abastecimento e tratamento de água, em Buíque


Um projeto inovador em Pernambuco está transformando a realidade de dezenas de agricultores e agricultoras familiares do município de Buíque, no Agreste Meridional, auxiliando na convivência com a estiagem que assola o semiárido. Trata-se do Projeto Gestão Comunitária de Sistemas de Abastecimento D’água, que vai perfurar ou revitalizar poços artesianos para implantação de três sistemas comunitários de abastecimento e tratamento d’água, beneficiando 320 famílias, um total de 1380 pessoas, em 11 comunidades rurais.

Nesta segunda-feira (02), o secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto, participou do evento de inauguração do primeiro sistema integrante do projeto, o Aliança, na comunidade de Pilãozinho, ao lado de autoridades religiosas, municipais e lideranças comunitárias. O sistema irá atender quatro comunidades rurais, contemplando 80 famílias.

Na ocasião, o gestor da pasta anunciou a implantação de mais três sistemas simplificados no município, a serem executados pela SDA, um dos quais será iniciado ainda neste mês de setembro. Este primeiro sistema simplificado será implantado no sítio Façola, complementando outros dois sistemas do Projeto Gestão Comunitária. No total, 103 famílias serão beneficiadas, através de uma rede de adução de 1.455 metros de extensão e 8.416 metros de distribuição.

“Mais do que a água, esse projeto tem como grande diferencial a união da comunidade, que se torna agente fundamental do processo, fazendo com que o sistema realmente funcione e tenha continuidade. Gostaria de destacar e parabenizar o importante trabalho social realizado pela Cáritas e todos os parceiros. Contem sempre com o nosso apoio e do governador Paulo Câmara”, pontuou Dilson Peixoto.

O Projeto Gestão Comunitária de Sistemas de Abastecimento D’água é coordenado pela Cáritas Diocesana de Pesqueira, em parceria com a Fundação Avina e Aliança Água + Acesso (Instituto Coca-Cola Brasil), com apoio do Governo do Estado, por meio da SDA, e ainda da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e da prefeitura municipal. O modelo de gestão comunitária foi construído por meio de diversas etapas, incluindo mobilização e capacitação dos atores envolvidos e criação dos comitês gestores, dentre outros, além da contrapartida das famílias por meio do pagamento de tarifa mensal, que assume as despesas de energia; operador (a) e taxa de administração, que são necessários para a sustentabilidade do sistema comunitário.

Estiveram presentes ao evento o bispo diocesano de Pesqueira, Dom José Luiz Ferreira; o prefeito Arquimedes Valença; o presidente e a secretária executiva da Cáritas, respectivamente Aparecido Libório e Neilda Pereira; o gerente de operações do Instituto Coca-Cola Brasil, Rodrigo Brito; a representante da Fundação Avina, Fernanda Ferreira; e o representante da Compesa, o coordenador regional da Gerência de Unidade de Negócio Regional Moxotó (GNR), Felipe Tadeu, além das famílias de trabalhadores e trabalhadoras rurais, secretários municipais, vereadores e diversas lideranças.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial