Suicídios crescem e são principal causa de morte de mulheres em casa


Acidentes e assassinatos não são mais a principais causas de morte entre as mulheres dentro de casa no Brasil. O que poderia ser uma notícia para se comemorar, na verdade, traz mais uma preocupação: as duas causas continuam matando cada vez mais, mas agora são os suicídios que a liderança, com 4,3 casos registrados em média por dia em lares brasileiros.

Conforme dados obtidos por Universa no Sistema de Informações sobre Mortalidade, do Ministério da Saúde, os suicídios responderam, em 2017, por 32% das mortes por fatores externos de mulheres em casa. Em 2000, esse percentual era de 22%, e representava a terceira causa de morte no ranking.

O aumento de suicídios em casa vem na esteira do crescimento no número dos casos no país nos últimos anos --especialmente entre as mulheres.

Vale ressaltar que o suicídio entre mulheres ainda tem taxas bem inferiores à do sexo masculino no Brasil. Em 2017, por exemplo, 9.826 homens se mataram, contra 2.664 casos do sexo feminino. Entretanto, entre elas, a taxa cresce mais rápido: de 2000 a 2017, entre eles houve um aumento de 82% dos casos, enquanto entre mulheres essa alta foi de 92%. (Uol)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial