Ala do PSL pede expulsão de Eduardo Bolsonaro do partido


A ala do PSL ligada ao presidente do partido, deputado Luciano Bivar (PE), oficializou nesta quarta-feira (23) à Executiva Nacional um pedido de expulsão de Eduardo Bolsonaro (SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, recém-nomeado líder da legenda na Câmara.

O pedido é assinado pelo líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), e pelos deputados Abou Anni (SP), Coronel Tadeu (SP), Joice Hasselmann (SP) e Júnior Bozzella (SP).

No documento, os aliados de Bivar também pedem a destituição a Direção Estadual do partido em São Paulo, hoje sob o comando de Eduardo.

O grupo acusa, entre outras coisas, o filho de Bolsonaro de abuso de poder ao “colocar seus interesses pessoais à frente dos interesses do partido”.

Eduardo tem o prazo de cinco dias para apresentar sua defesa, “sob pena de confissão e revelia, considerando-se verdadeiros os fatos”.

Com informações da Folha.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial