Em PE, Marina Silva participa de ato contra descaso com óleo

Ex-senadora Marina Silva

A ex-presidenciável e ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva chega a Pernambuco no próximo sábado (26) para uma atividade comandada por ambientalistas com foco no vazamento de óleo que atingiu as praias do Nordeste. A concentração do ato será às 14h em frente à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). A porta-voz da Rede Sustentabilidade chega ao Estado pela manhã e participará do ato à tarde contra o descaso do Governo Federal com o desastre ambiental, que, nos últimos dias, concentrou-se em Pernambuco. 

Marina está em Alagoas, de onde vem para Pernambuco. Daqui, segue para Brasília e, de lá, embarca para o Peru, onde tem agenda marcada. Em suas redes sociais, Marina tem se posicionado em relação ao caso. No Twitter, ela registrou o seguinte: "O governo demorou para agir. Negligenciou a gravidade do maior desastre ambiental do litoral brasileiro. É preciso uma investigação séria para apurar as causas e responsáveis. Diante de danos incalculáveis, medidas urgentes devem ser tomadas".

Aceno de Maia à CPI do óleo

Não foi sem uma reunião com o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, que o deputado João Campos correu atrás das assinaturas para protocolar a CPI do Vazamento de Óleo. O democrata recebeu João Campos na residência oficial na tarde da última terça. A CPI é um direito da minoria, mas sua instalação depende de uma decisão monocrática do presidente da Casa.

De sobra > Maia se encontra em agenda no exterior e retorna no próximo sábado. Após o encontro com Maia, João recorreu ao colégio de líderes. "Articulei com todos os líderes do centrão e todos declararam apoio", registra o socialista à coluna após protocolar o pedido, ontem, que cria a CPI.

Corpo a corpo > João pegou pessoalmente a maior parte das assinaturas e, em 24 horas, contabilizou aproximadamente 250. "A gente não teve tempo. Tem gente que ainda gostaria de assinar", pontua o parlamentar. "Pelo menos, 200 peguei pessoalmente", realça. Eram necessárias 171.

Externa > No final da cessão de ontem, o presidente em exercício da Câmara Federal, Marcos Pereira, autorizou a instalação de uma comissão geral externa de acompanhamento do desastre ambiental que envolve o vazamento de óleo. Folha de PE.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial