Iterpe reforça apoio às famílias rurais do município de Cortês para aquisição de terras pelo Crédito Fundiário


Nesta segunda-feira (21), o presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe), Altair Correia, recebeu o prefeito de Cortês, Reginaldo Morais, e as duas lideranças das associações de agricultores que possuem propostas de aquisição de terras no município, voltadas a beneficiar o total de 43 famílias por meio do Programa Nacional de Crédito Fundiário - PNCF. As propostas contemplam a aquisição dos imóveis rurais Capivara II e Capivara IV, que totalizam 282 hectares voltados à produção de alimentos de base familiar.

As famílias de agricultores de Cortês, que estão candidatas a participar do programa, já participaram do processo de mobilização e capacitação, a primeira etapa do processo que antecede a elaboração do projeto de proposta da aquisição dos imóveis. A capacitação, que foi realizada pela Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Pernambuco – Fetape, contou com a parceria da Prefeitura Municipal de Cortês.

“O papel do Iterpe é contribuir para o processo que visa legitimar a aquisição dos imóveis rurais. Para isso, ampliar o diálogo entre o Estado e o município reforça tanto a proposta do Instituto em apoiar os grupos de agricultores de Cortês, quanto nossa abertura para firmar parceria voltada à regularização fundiária da Unidade Produtiva, adquirida no município, o imóvel rural Capivara III”, reforçou Correia.

Em 2018, o Governo de Pernambuco, por meio do Iterpe e a sociedade civil organizada, comemorou a aquisição do imóvel adquirido pelas 19 famílias rurais da Associação Comunitária dos Moradores do Engenho Capivara III, no município de Cortês. A ação foi resultado da execução do PNCF e contemplou R$ 1.504.699.97 de investimentos voltados aos projetos de aquisição e estruturação de 120 hectares de terras.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial