Sobe para seis o número de mortos em desabamento de prédio em Fortaleza


A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social informou que os bombeiros confirmaram na noite da quinta-feira (17) a sexta morte causada pelo desabamento de um prédio residencial em Fortaleza, na terça (15). O corpo é de uma mulher, identificada como Rosane Marques de Menezes, 56. 

Outra vítima, que foi resgatada por volta das 19h, foi identificada como Maria da Penha Bezerril Cavalcante, 81. Ainda há quatro desaparecidos. 

As outras vítimas são Frederick Santana dos Santos, 30, Izaura Marques Menezes, 81, Antônio Gildasio Holanda Silveira, 60 e Nayara Pinho Silveira, 31.

Segundo os bombeiros do Ceará são agora quatro pessoas consideradas desaparecidas e que estão sendo procuradas pelas equipes de resgate: uma mulher e três homens que foram reclamados por familiares.

O número de reclamados diminuiu depois de checagem de duplicidade de nomes, na tarde desta quarta (17). As buscas já duram mais de 54 horas desde o desabamento. 

Sete pessoas foram resgatadas com vida, todas no primeiro dia: Fernando Marques, 20, neto de Izaura Marques; Antônia Peixoto Coelho, 72; José Ycaro Coelho de Menezes, 35, sobrinho de Antônia; Cleide Maria da Cruz Carvalho, 60, cuidadora de idosos que trabalhava no prédio; David Sampaio, 20; Gilson Gomes, 53, que estava em um mercadinho ao lado atingido pelos destroços do prédio; e Francisco Rodrigues Alves, 59, porteiro e zelador do Edificio Andrea.

A Policia Civil do Ceará abriu inquérito para apurar a queda do edifício, que passava por uma reforma que, segundo a prefeitura de Fortaleza, havia sido registrada somente um dia antes do incidente. Oito pessoas foram ouvidas até o momento, entre vizinhos e testemunhas.

Até a última atualização desta matéria, havia 6 mortos, 7 resgatados com vida e 4 pessoas desaparecidas. Por: FolhaPress - FolhaPress.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial