Criança morre vítima de dengue e vai a dez número de mortes confirmadas por arboviroses no estado

Fêmea do Aedes aegypti é responsável pela transmissão da febre amarela, dengue, chikungunya e zika vírus — Foto: Pixabay/Divulgação

Uma menina de 6 anos morreu vítima de dengue no Recife. De acordo com dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde nesta quarta-feira (20), a vítima faleceu no dia 6 de outubro. Essa foi a décima morte causada por uma doença causada pelo mosquito Aedes aegypti confirmada neste ano em Pernambuco, segundo a SES.

Ainda de acordo com a Secretaria, os casos suspeitos de dengue, zika e chikungunya em Pernambuco mais do que dobraram em 2019 em relação ao ano anterior.

Sobre a morte da menina, a Secretaria de Saúde do Recife informou que a criança foi atendida na Policlínica Barros Lima e transferida para o Hospital de Pediatria Helena Moura, na Zona Norte da capital. Os sintomas eram febre, dor de cabeça e vômito.

Nessa segunda unidade de saúde em que foi atendida, a paciente também apresentou sonolência e dor abdominal, sendo transferida para a UTI pediátrica do Hospital Otávio de Freitas. No dia 6 de outubro, ela faleceu após uma piora do quadro clínico.

Das dez mortes confirmadas em 2019 no estado, nove ocorreram por dengue e uma por chikungunya. Os óbitos estavam em um universo de 112 outros casos registrados ao longo do ano, segundo a SES. Desse total, 57 foram descartados. O restante dos casos segue em análise.

O primeiro óbito por dengue registrado em 2019 foi o de uma adolescente de 12 anos, moradora do bairro de Água Fria, na Zona Norte do Recife. Em julho, a prefeitura do Recife informou que ela estava internada em um hospital particular e faleceu no dia 28 de abril. (G1)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial