Número de imigrantes brasileiros em Portugal cresceu 43% em 2019


Portugal é um dos países mais procurados por brasileiros para morar. Em 2019, o número de imigrantes brasileiros ultrapassou os 150 mil, o que representa novo recorde e crescimento de 43% em relação a 2018, segundo divulgou no mês passado o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) português. Com mais de 48 mil títulos de residência emitidos no ano passado, a comunidade brasileira é a maior de estrangeiros no país lusitano. Mas o que torna a antiga metrópole do Brasil tão atraente para os imigrantes?

Para os advogados Marcelo Salomão e Fernando Senise, do escritório de advocacia Brasil Salomão e Matthes, Portugal é um país seguro, com excelente qualidade de vida, clima ameno e custo de vida baixo se comparado com outras nações europeias. “Além dessas características, o idioma e familiaridade com a cultura e hábitos facilitam a emigração dos brasileiros”, afirmam.

Na avaliação do escritório, que presta serviços de assessoria de imigração, não há um perfil específico para quem quer se mudar para Portugal. Os advogados percebem, porém, que investidores em empresas e no setor imobiliário procuram cada vez mais ir para Portugal, já que o país é porta de entrada para o Mercado Comum Europeu e tem uma atividade turística crescente. Mesmo assim, Salomão e Senise apontam que isso não torna a nação europeia menos atraente para estudantes e aposentados.

Então, qual deve ser o primeiro passo para quem pensa em se mudar para Portugal? Já que não é um território muito grande, a recomendação dos advogados é visitar o país para conhecer as diferentes regiões e avaliar as possibilidades. “É vital conhecer as regiões e locais em que pretende residir, pois, apesar da facilidade na comunicação e amabilidade do povo, ainda é um país estrangeiro e tem regras e costumes diferentes do Brasil”, afirmam.

Qual cidade e região escolher depende do perfil e dos interesses de cada um. Os advogados afirmam que além de Lisboa e Porto, as maiores cidades, há vilas “encantadoras no interior”, nas regiões de Alentejo e Algarve. Já nos arredores das metrópoles também é possível encontrar a tranquilidade do interior, bem como ter a proximidade dos serviços dos grandes centros urbanos. Por: Estado de Minas

Comentários

Anterior Proxima Página inicial
Blog do Ivonaldo Filho - Todos os Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.