Ministério reconhece situação de emergência por seca em 61 cidades do Agreste

Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

Um mês e meio após o Governo de Pernambuco decretar situação de emergência em 61 cidades do Agreste, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), reconheceu o pedido nesta quarta-feira (4). Com a medida, os municípios poderão ter acesso a recursos federais para ações de socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de infraestruturas danificadas.

Com validade de 180 dias, o decreto assinado pelo governador Paulo Câmara foi publicado no Diário Oficial de Pernambuco de 18 de janeiro. O apoio emergencial por meio do MDR complementa a atuação dos governos estaduais e municipais. Segundo a pasta, o auxílio pode ser solicitado sempre que necessário - inclusive em situações recorrentes, como é o caso de desastres ocasionados por seca ou chuvas intensas. As 61 cidades estão aptas a resolver mais rapidamente questões administrativas ligadas ao combate aos problemas causados pela estiagem, como a distribuição de carros-pipas.

O decreto estadual cita "a redução das precipitações pluviométricas que assolam os municípios do Estado para níveis inferiores aos da normal climatológica e a queda intensificada das reservas hídricas de superfície provocada pela má distribuição pluviométrica na região" como justificativas para a implantação da situação de emergência. 
Por: Portal FolhaPE

Comentários

Anterior Proxima Página inicial
Blog do Ivonaldo Filho - Todos os Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.