Túlio Gadêlha diz em reunião do PDT que não será candidato a prefeito


De acordo com nota divulgada na coluna do Estadão nesta quinta-feira (5), o deputado Túlio Gadêlha (PDT/PE) fez um pedido inesperado na reunião, que aconteceu na última quarta-feira (4), para escolher as novas lideranças do  partido na Câmara. O parlamentar pediu para que constasse na ata da reunião que estava retirando sua candidatura à Prefeitura do Recife. Túlio, diz a nota, foi às lágrimas quando fez o anúncio da desistência de ter o nome na disputa.

Na reunião, a votação foi unânime para eleger o deputado federal Wolney Queiroz (PDT/PE) como novo líder da bancada no lugar de André Figueiredo (PDT/CE). O problema foi na escolha do líder da minoria na Casa que este ano, de acordo com a nota do Estadão, será do PDT.

Túlio teria costurado apoio para ficar no cargo, no entanto Figueiredo decidiu entrar na disputa e, pela influência que tem junto aos colegas e o apoio do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, acabou sendo o escolhido.

Além disso, os parlamentares não quiseram entregar os dois cargos de liderança para parlamentares do mesmo estado. Questionado pela coluna se a candidatura do deputado no Recife estaria mesmo retirada, Carlos Lupi respondeu apenas que não. (Diário de Pernambuco)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial
Blog do Ivonaldo Filho - Todos os Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.