Governo de Pernambuco autoriza volta de treinos presenciais a partir de 15 de junho


O Governo de Pernambuco apresentou nesta segunda-feira um plano de reabertura paulatina das atividade que estavam suspensas por conta da pandemia da Covid-19 em todo estado. E dentro das liberações, os clubes de futebol da capital e do interior poderão voltar aos treinamentos no próximo dia 15, exatos três meses após o início da quarentena. 

O Náutico realizou sua última partida no dia 15 de março, contra o Fortaleza, nos Aflitos, pela Copa do Nordeste, enquanto Sport e Santa Cruz entraram em campo pela última vez no dia 16. O Leão encarou o Ceará, no Castelão, pelo Nordestão, enquanto os tricolores enfrentaram o Decisão, no Arruda, pelo Campeonato Pernambucano. Essas duas últimas partidas, já de portões fechados por conta da pandemia.

“A previsão, e a gente tem dialogado com a Federação Pernambucana de Futebol, e que dentro do possível e se as curvas da saúde continuarem se comportando conforme o planejado, a volta dos treinos está prevista para o dia 15 de junho. E os jogos de futebol vão depender da evolução semanal e da avaliação para saber quando serão implantados”, destacou o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, em entrevista coletiva. A priori, dentro do planejamento do governo, os jogos irão retornar (ainda sem data definida) sem a presença de torcida. 

“Reforçando que isso se dará dentro de protocolos específicos de testagem, que inclusive o presidente da Federação Pernambucana (Evandro Carvalho) nos encaminhou. Mas eles vão ter que obedecer protocolos específicos aqui do estado de Pernambuco também para que a gente possa voltar com as atividades com a maior segurança possível dos jogadores”, completou Schwambach.

Procurado pela reportagem, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, tratou com naturalidade à liberação da volta dos treinamentos. “Já vínhamos cumprindo os protocolos de segurança e agora tivemos mais um avanço, com a liberação dos treinos presenciais”, afirmou. O dirigente já havia informado, em entrevista ao Diario, que a entidade já tinha pronto todo um protocolo de retorno do futebol, atendendo às normas sanitárias. Entre eles, a aplicação de testes diagnósticos do novo coronavírus.

Com a volta aos treinos, Evandro também reforçou a tendência de que o Campeonato Pernambucano seja retomado em julho.  Sem a presença de público. “A CBF quer encerrar todos os estaduais em julho e começar o Campeonato Brasileiro em agosto. Para concluirmos o Campeonato Pernambucano precisamos apenas de cinco datas. Isso não vai ser problema”, assegurou. Por  João de Andrade Neto /Superesportes



Comentários

Anterior Proxima Página inicial
Blog do Ivonaldo Filho - Todos os Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.