O sábado com maior número de óbitos desde o início da pandemia, diz estatístico

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, neste sábado (27.06), 1.285 novos casos da covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados, 1.023 (80%) são casos leves. Isso significa que são pacientes que não precisaram de internamento hospitalar e que estavam na fase final da doença ou já curados. Outros 262 (20%) apresentaram Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Nas últimas 24 horas, foram confirmados 98 óbitos, sendo que 65 mortes (66%) ocorreram entre o dia 15 de abril e 23 de junho e 33 - que representam 34% – ocorreram nos últimos três dias. "Desde o começo da pandemia, foi o sábado que registrou maior número de óbitos, segundo um cálculo feito pelo cientista do Lika Jones Albuquerque", contou o professor do Departamento de Estatística da Universidade Federal de Pernambuco Gauss Cordeiro. 

Para ele, esse número de óbitos reflete as aglomerações que ocorreram desde o final de maio, principalmente no interior, onde muitas pessoas foram as feiras comprar roupas ou bens relacionados às festas juninas. "A pandemia não está sob controle em Pernambuco, inclusive porque ocorreu a sua interiorização", resumiu. Localizada no Agreste, Caruaru continua sendo a quinta cidade do Estado com mais internados com SRAG totalizando 289 pacientes, dos quais  267 estão em enfermarias e 22 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Conhecida como Princesa do Agreste, o município concentra o comércio e serviços de outras cidades do seu entorno.

Agora, Pernambuco totaliza 57.089 casos confirmados do novo coronavírus, dos quais 19.126 são graves e 37.963 leves. O total de mortes foi de 4.708. Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 177 municípios pernambucanos. Foram curadas 38.489 pessoas pela covid-19 no Estado.

Entre os 98 óbitos, 42 eram do sexo feminino e 56 do sexo masculino. As mortes confirmadas  são de pessoas residentes em: Abreu e Lima (1), Afogados da Ingazeira (1), Agrestina (2), Araripina (1), Bezerros (1), Cabo de Santo Agostinho (15), Camaragibe (1), Caruaru (4), Catende (2), Escada (6), Feira Nova (1), Gameleira (2), Ipojuca (3), Jaboatão dos Guararapes (12), Jurema (1), Lagoa dos Gatos (1), Olinda (3), Palmares (2), Paulista (1), Pesqueira (4) , Petrolina (1), Primavera (1), Recife (25), Ribeirão (1), Rio Formoso (2), Sirinhaém (1), Toritama (1), Vitória de Santo Antão (1) e outro Estado (1).

Ainda no Estado, as cidades que têm maior número de pacientes hospitalizados com SRAG são Jaboatão dos Guararapes - com 712 pacientes, incluindo 679 em enfermarias e 22 em UTIs - e o Recife com um total de 685 pessoas, sendo 631 em enfermarias e 54 em UTIs. (JC Online)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial
Blog do Ivonaldo Filho - Todos os Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.