‘Weintraub ajudou a quebrar o Banco Votorantim’, diz Maia

O presidente da Câmara de Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ironizou a ida de Abraham Weintraub, agora ex-ministro da Educação, para o Banco Mundial. Em vídeo, Weintraub afirmou que recebeu convite para assumir um cargo de diretor na instituição.

“Não sabem que ele trabalhou no Banco Votorantim, que quebrou em 2009, e ele era um dos economistas do banco”, disse Maia em entrevista coletiva. Questionado se acha que Weintraub vai quebrar o Banco Mundial, Maia respondeu que a pergunta deve ser feita para quem o indicou ao cargo.

Sobre a saída de Weintraub do MEC, Maia comentou: “estava muito ruim. Todo mundo sabe minha posição. Não adianta ficar aqui reafirmando; acho que não é isso que vai melhorar diálogo com o MEC. Espero que possamos ter alguém comprometido no Ministério da Educação com futuro das nossas crianças”, disse.

O prometido cargo para Weintraub numa diretoria do Banco Mundial, uma instituição multilateral tão atacada pela extrema-direita olavista, é o chamado “paraquedas dourado”, uma boquinha de luxo ofertada pelo presidente para o ex-ministro não ficar exposto ao longo inverno do ostracismo e da tsunami de processos judiciais movidos contra ele. (Blog do Esmael)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial
Blog do Ivonaldo Filho - Todos os Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.