Fechamento de vagas atinge mais quem parou estudos no ensino médio


Os efeitos da pandemia sobre o mercado do trabalho impacta mais as pessoas com ensino médio completo e as na faixa de 30 a 39 anos. Elas foram as mais atingidas pelo fechamento de vagas com carteira no 1º semestre deste ano, segundo levantamento feito pelo Poder360 com base nos resultados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado nesta semana.

Os números mostram que o Brasil já perdeu 1,2 milhão de empregos formais em 2020. Eis a íntegra do estudo. Abaixo, leia os dados:

SAÚDE EMPREGA MAIS

O setor ajudou a amenizar o fechamento de vagas, com 63.115 postos preenchidos. Houve maior contratação de profissionais e técnicos de ciências biológicas, bioquímicas, de saúde e afins.

RESULTADO POR SETOR

A agropecuária foi o único dos 5 grandes segmentos a ter saldo positivo no semestre (62.633). As perdas foram em serviços (-507 mil), comércio (-474 mil), indústria (-246 mil) e construção (-31.092).

JUNHO SURPREENDE

O mercado de trabalho registrou no mês a menor perda de vagas desde a chegada da pandemia, em março. O saldo ficou negativo em 10.984. Analistas esperavam o fechamento de mais de 200 mil vagas.

PROGRAMA SURTE EFEITO

O programa que permite a redução de jornada e a suspensão de contratos atingiu 15 milhões de acordos. Segundo o governo, 11 milhões de pessoas foram impactadas. Por  e  do Poder360.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial
Blog do Ivonaldo Filho - Todos os Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.