terça-feira, 12 de novembro de 2019

Bolsonaro acaba com o DPVAT, o seguro do trânsito



O presidente Bolsonaro anunciou nesta segunda-feira (11) a extinção do seguro obrigatório do trânsito, o DPVAT; e também o das embarcações, o DPEM.

A medida vai gerar economia até um reembolso bilionário aos cofres públicos. Mas também vai sobrecarregar ainda mais o Sistema Único de Saúde (SUS). Sem falar que afetará as vítimas de acidentes e suas famílias que deixarão de receber as devidas indenizações.

De acordo com a Seguradora Líder, gestora do DPVAT, no primeiro semestre de 2019 foram pagas:

18.841 indenizações por morte;
103.068 indenizações por invalidez permanente;
33.123 indenizações para despesas médicas.

São cerca 300 mil famílias que ficarão desamparadas todos os anos, sem as indenizações apropriadas nesses momentos tão difíceis.

Com informações do G1. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário