segunda-feira, 16 de março de 2020

Carnaíba decide enfrentar o problema do Coronavírus (COVID-19) através da prevenção.


O Prefeito de Carnaíba-PE, Anchieta Patriota reuniu sua equipe de governo, a equipe gestora da Saúde ampliando com a Defensoria Pública, a Gerência Regional de Saúde do Estado, Vereadores e outras representações da sociedade civil para discutir medidas que tenham como objetivo principal a prevenção com relação ao Coronavírus (COVID-19), “porque neste momento o mais importante é cuidar das pessoas, tomar todas as medidas possíveis para que essa doença não chegue a nossa comunidade, fazer um trabalho de mobilização e de educação de saúde, para as pessoas tomarem os cuidados necessários sem criar um clima de pânico e desespero”, disse o prefeito.


Na reunião foi apresentado um vídeo esclarecedor com a Pneumologista Dra. Margareth Dalcomo, que participou de uma reunião do Ministério da Saúde com o Órgão de Saúde Pan Americano e a Organização Mundial de Saúde.

O vídeo foi bem esclarecedor e está bem dentro das preocupações que a Prefeitura vem discutindo e praticando. Nele tem algumas propostas que estão sendo implementadas no mundo tais como: Todas as pessoas que vierem do exterior, devem ser monitoradas e ficar em casa pelo menos 7 dias, cancelamento de eventos, evitar a saída de pessoas idosas de casa nos próximos 60 dias, cancelamento de viagens internacionais, sair de casa só para realizar o estritamente necessário, recomendação de fechar cinemas, teatros, eventos de qualquer natureza, inclusive os religiosos, entre outras medidas.

Essas medidas são para o plano nacional e devem ser utilizadas também no município.

A gerente de Vigilância Sanitária do município, falou sobre as medidas que estavam sendo promovidas por decisão que vem sendo encaminhada por decisão do Prefeito e da Secretária de Saúde, como: “Manter todos os cuidados e alertas, mas sem lotar o hospital, antes procurar os PSFs, para averiguação e quando se definir que o quadro é de suspeição aí se aciona o atendimento de urgência, com exame e, se necessário, a internação”, ressaltou a Coordenadora da Vigilância em Saúde de Carnaíba, Dra. Cláudia Marcelino.

Houve muita troca de informações, onde se destacou o trabalho que vem sendo realizado pelas escolas do município com atividades lúdicas e conversas com os alunos sobre o Coronavírus (COVID-19) e o que cada um tem que fazer para enfrenta-lo, estimulando-as a levar essas informações para suas famílias e com isso envolver todas as pessoas.

Falaram também, as representantes em Saúde Regional, da Geres, Alessandra Tadeia e Janaína Diniz, que destacaram o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Governo do Estado através da regional, como o que estava sendo iniciado no dia de hoje em Carnaíba, que era reunir toda a equipe de saúde para conversar sobre a cooperação das equipes regional e municipal para enfrentar a situação e também um trabalho de saúde na educação, com palestras em todas as escolas estaduais presentes no município, que será realizada no dia 17 de março. Disse a Dra. Alessandra Tadeia que: “vamos realizar dois encontros em todos os municípios um com a rede de saúde e outro com palestras nas escolas da rede estadual de educação, e, estamos iniciando por Carnaíba, hoje e amanhã, depois seguiremos um cronograma por todos os municípios que fazem parte da Geres”.

No final o prefeito Anchieta Patriota destacou a construção de um Grupo de Trabalho, composta pela saúde prioritariamente, de dez membro, que possa se reunir de dois em dois dias para poder fazer os encaminhamentos e monitorar as atividades e ações, que precisam ser planejadas e redefinidas quando necessário. Essa comissão será acompanhada pelo Prefeito que se manterá em contato permanente com o governo do estado, para o desenvolvimento do plano de prevenção e de ação imediata no caso de suspeição da doença.

O Prefeito ainda informou que estava tomando algumas decisões imediatas, tais como:

Integração das equipes de governo, como saúde, educação e outras para o desenvolvimento de trabalho de educação junto as escolas e comunidades:

Carro de som com mensagens para que a população lave as mãos com água e sabão, pelo menos de duas em duas horas, ou com álcool e outros cuidados para se prevenir da doença e ao mesmo tempo não entrar em pânico;

Suspensão dos eventos culturais e esportivos que geram aglomerações e riscos à possível contaminação;

Trabalho de informações sobre o Coronavírus (COVID-19) sobre as atividades e ações que precisem ser implementadas em caráter de urgência ou emergência;

Aquisição pela prefeitura de Álcool Gel, máscaras para profissionais de saúde, sabão líquido para as unidades sob a responsabilidade da prefeitura;

Reunião emergencial com a equipe dos agentes de saúde comunitária para que tenham todas as informações e possam fazer um trabalho intenso de visitas e instruções de higiene e cuidados que as famílias devem ter para se prevenir;

Redobrar os cuidados com as pessoas que estão na faixa de risco, como as idosas, para que fiquem em casa e só saiam em caso de urgência e emergência;

Mobilizar os setores produtivos do município como os supermercados, bares, restaurantes, academias de saúde, postos de combustíveis, etc., para também implantarem em suas unidades medidas preventivas como acesso ao álcool gel, toalhas de papel, água e sabão, etc.

Com relação as escolas municipais, ficou acertado com o estado que a suspensão só deveria ser realizada diante da suspeição de pessoas contaminadas, até porque a rede municipal está muito integrada no município com a rede estadual, então isso vai ficar sendo monitorado;

Nos casos de crianças ou educadores ou trabalhadores da educação estarem gripados ou se sentido doentes, mesmo que não seja da área de suspeita do Coronavírus (COVID-19), devem ser liberados das atividades escolares, devendo ficar em casa, e, se acharem necessário, devem buscar atendimento na rede de saúde de sua comunidade, como o PSF;

Finalizando o Prefeito Anchieta agradeceu a participação de todas as pessoas e destacou o seguinte “Esse é um problema de todo mundo, por isso é fundamental que façamos o que for necessário para impedir que a doença chegue ao nosso munícipio e isso se faz com trabalho integrado, com responsabilidade de cada um, com cada um fazendo sua parte, seja na sua casa, na sua empresa, nas escolas, nas secretarias, nas ruas, porque temos que cuidar da vida e evitar que essa doença chegue em nossa terra”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário