domingo, 31 de maio de 2020

Reprovação ao Congresso e ao STF tem forte queda, mostra Datafolha


Por Alexandre Caverni/Reuters

SÃO PAULO (Reuters) - A reprovação à atuação do Congresso e ao desempenho dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) teve uma forte queda na comparação com avaliação feita em dezembro do ano passado, mostrou pesquisa Datafolha divulgada neste sábado pelo jornal Folha de S.Paulo.

A melhora na avaliação ocorre num momento em que apoiadores do presidente Jair Bolsonaro fazem seguidas manifestações pedindo o fechamento do Congresso e do STF --e o próprio presidente faz duras críticas a ministros do Supremo-- e ao mesmo tempo em que cresce fortemente o número de casos e mortes no país em função da pandemia do novo coronavírus.

A avaliação ruim/péssima do desempenho de deputados federais e senadores, na pesquisa realizada nos dias 25 e 26 de maio, caiu para 32%, ante 45% no início de dezembro. A avaliação ótima/boa passou para 18% (ante 14%), enquanto a regular subiu para 47% (ante 38%). A margem de erro do levantamento é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.


No caso do STF, a avaliação ruim/péssima caiu para 26%, ante 39% no início de dezembro, enquanto a avaliação ótima/boa subiu para 30% (ante 19%) e a regular foi para 40% (ante 38%).

Nenhum comentário:

Postar um comentário