domingo, 12 de julho de 2020

Empresas privatizadas serão reestatizadas sem indenização, diz Requião

O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR), em nome da Frente pela Soberania Nacional, alertou que as empresas privatizadas nos governos Michel Temer (MDB) e Jair Bolsonaro (sem partido) serão reestatizadas em breve sem indenização aos compradores.

O emedebista, que tem influência na esquerda e no PT, disse que quem compra estatais no atual quadro político comete crime de receptação de mercadoria roubada.

“Paulo Guedes, operador do sistema financeira, representante do capital vadio, partiu para privatizar empresas públicas e o Banco do Brasil”, denunciou.

De acordo com Requião, o governo não tem autorização popular para vender empresas estratégicas do Brasil.

“Quem compra mercadoria roubada está cometendo crime de receptação”, afirmou em uma mensagem dirigida a funcionários do Banco do Brasil, que se reúnem neste domingo (12).

“Mais tarde, com a retomada do poder pelo povo, as empresas terão de ser devolvidas em indenização” afirmou Requião. “Quem recepta mercadoria roubada não tem direito a indenização nenhuma”, alertou. (Fonte: Blog do Esmael)

Nenhum comentário:

Postar um comentário