domingo, 19 de julho de 2020

Governo quer manter Fundeb em 2021 igual ao de 2020 e aumentar só em 2022


A proposta do Palácio do Planalto para o Fundeb é transformar 2021 em uma fase de transição: tudo seria mantido como está agora, em 2020, sem aumento de repasses. Esse “congelamento” se daria por causa do desequilíbrio das contas públicas provocado pelos gastos federais durante a pandemia de coronavírus.

A partir de 2022, segundo apurou o Poder360 no Palácio do Planalto neste domingo (19.jul.2020), o governo iria aumentar os recursos do fundo, que é o principal mecanismo de financiamento da educação básica no país.

No formato atual do Fundeb, 90% da verba vem de Estados e municípios e 10% da União. Em 2020 esse repasse deve ser próximo a R$ 16 bilhões. O governo quer manter o patamar no próximo ano.

A proposta estudada na Câmara estipula aumentos escalonados. Em 2026, a participação da União chegaria a 20%. (Poder 360)

Nenhum comentário:

Postar um comentário