quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Desemprego tem alta de 27,6% durante pandemia, estima IBGE

Cerca de 12,9 milhões de brasileiros encerraram agosto desempregados, uma alta de 27,6% em comparação com maio, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi o que informou o Metrópoles.

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (23/9) e fazem parte da pesquisa Pnad Covid-19, que tem sido publicada semanalmente pelo IBGE, em meio à pandemia do novo coronavírus.

Em comparação com o mês imediatamente anterior, agosto registrou um crescimento de 5,5%. Julho fechou com 12,3 milhões de desocupados.

Dessa maneira, segundo os resultados divulgados na Pnad Covid-19, a taxa de desocupação aumentou em 0,5 ponto percentual de julho para agosto, passando de 13,1% para 13,6%.

A taxa em agosto foi maior do que a de julho nas regiões Norte (14,2%), Nordeste (15,7%) e Sudeste (14%), manteve-se inalterada na região Centro-Oeste (12,2%) e caiu apenas no Sul (10%).

Por sua vez, a população ocupada do país foi estimada em 84,4 milhões de pessoas em agosto, aumento de 0,8% em relação a julho, mas ainda acumula redução de 2,7% em relação a maio, segundo o IBGE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário