segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Igrejas são incendiadas e destruídas durante protesto no Chile

Correio Braziliense: A Igreja da Assunção, nas proximidades da Praça Itália em Santiago, foi completamente incendiada no domingo depois de ser atacada por encapuzados em meio a uma grande manifestação pelo primeiro aniversário do início dos protestos sociais no Chile.

A pequena igreja foi o segundo templo a ser atacado durante este dia de protestos em Santiago. Quando a cúpula pegou fogo após o desabamento da estrutura, vários manifestantes comemoraram.

A estrutura foi atacada por manifestantes encapuzados no momento em que várias horas de manifestação pacífica ocorreram ao redor da Praça Itália, onde eles comemoraram o início dor protestos de 18 de outubro de 2019.

Quando a igreja pegou fogo, bombeiros e equipes de resgate fizeram uma cerca para evitar que o colapso da estrutura atingisse as pessoas.

"Deixa cair, deixa cair", gritaram alguns encapuzados, que festejaram a subsequente queda da cúpula da igrejinha, também conhecida como "freguesia dos artistas", segundo a imprensa chilena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário