quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

10 países iniciaram a imunização; entenda a corrida pela vacina

Na corrida contra o coronavírus, há 19 vacinas em desenvolvimento no mundo que estão na 3ª fase de testes clínicos. Destas, 8 foram liberadas para uso emergencial em diversos países, e duas obtiveram o registro para o uso definitivo. Os dados são do Rastreador de Vacinas de Coronavírus, desenvolvido pelo jornal The New York Times.

Já é possível dizer que a vacina contra a covid-19 é a que foi desenvolvida em menor tempo em toda a história. Antes, o recorde era do imunizante produzido para evitar a caxumba –demorou 4 anos e parou de ser usado nos anos 1970, porque a imunidade tinha curta duração.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), há 61 vacinas sendo testadas em humanos no mundo e 172 em fases pré-clínicas, ou seja, sendo testadas em animais.

Parte inferior do formulário

A vacina desenvolvida pela farmacêutica norte-americana Pfizer, em parceria com o laboratório alemão BioNTech, é a que mais teve autorizações para o uso emergencial. Já foi liberada em 18 países, além da União Europeia, para a imunização de grupos específicos.

A Suíça foi a 1ª e única até agora a registrar o imunizante da farmacêutica norte-americana para o uso definitivo. A agência reguladora do país demorou 2 meses para analisar a vacina. A autorização foi divulgada em 19 de dezembro. (Poder360).

Nenhum comentário:

Postar um comentário