Temer cometeu crime de responsabilidade e deve sofrer impeachment, diz Humberto


Resultado de imagem para humberto costa temer cometeu crime de responsabilidade

Com a presença do líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), diversas organizações da sociedade civil protocolaram na Câmara do Deputados, nesta quinta-feira (8), pedido de impeachment do presidente não eleito Michel Temer (PMDB), com base nos artigos 85 e 86 da Constituição Federal, que tratam sobre crime de responsabilidade. 

Para o senador, o documento de 37 páginas, assinado por juristas prestigiados e entidades como MST, CUT, UNE, MTST, é forte, robusto, bem fundamentado e muito claro no sentido de apontar o crime cometido pelo peemedebista no escândalo conhecido como Calerogate. O episódio derrubou o então ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima e atingiu outros titulares da Esplanada e o próprio Temer. 

“Ao contrário daquela peça apresentada a Eduardo Cunha contra a presidenta Dilma por entidades de ‘combate à corrupção’ que se diziam apartidárias, em meio a um circo lamentável, agora o pedido tem a assinatura de diversos juristas respeitados e representantes de movimentos sociais”, afirmou. 

Humberto reiterou que Temer estava ciente da pressão de Geddel sobre o ministro da Cultura Marcelo Calero para liberar uma obra em área tombada pelo Iphan, mas não impediu a sua atuação. “Ele fez exatamente o oposto, determinando o encaminhamento do caso à Advocacia-Geral da União (AGU)”, lembrou.
O pedido de impeachment aponta que, além de tolerar a conduta ilegal de Geddel no escândalo do apartamento, há fortes indícios de que o presidente usou da interveniência de dois outros subordinados para consubstanciar o atendimento a uma solução ao caso privado, contrária à firme deliberação de Calero. 

De acordo com Humberto, não há dúvidas que o presidente deveria ter alertado o seu ministro de Estado de que sua conduta violava o princípio da impessoalidade e da moralidade administrativa, bem como infringia a lei de conflito de interesses. “Temer deveria ter enquadrado Geddel a se abster de pressionar o então ministro da Cultura. Depois, obrigatoriamente, deveria ter adotado as medidas para cumprir suas ordens e responsabilizar Geddel por suas condutas ilegais”, avalia. 

Porém, o líder do PT ressalta que o presidente, conscientemente, preferiu violar a lei e tutelar os interesses privados de alguém que notoriamente é seu amigo, concorrendo para todas as ilegalidades por ele cometidas, além de praticar os crimes de responsabilidade. “O pedido reafirma a denúncia que fizemos contra o presidente e ministros por crimes comuns que entramos na Procuradoria-Geral da República (PGR)”. 

Humberto ainda criticou o fato de nenhum integrante da Mesa Diretora ter recebido o documento no momento da entrega. Mais de 50 pessoas se posicionaram no gabinete do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ), diante da cadeira vazia do deputado.

Em Flores no Povoado do Saco do Romão, murada de Unidade de Saúde é construída em final de mandato, enquanto prédio pede socorro!!



Em Flores, ao mesmo tempo em que a gestão municipal mantem um verdadeiro cemitério de obras inacabadas, ao pagar das luzes, assina reformas em prédios públicos, o que vem despertando estranheza e questionamentos.

Sem receber uma mão de tinta nos últimos anos, a Unidade de Saúde da Família do Povoado Saco do Romão está sendo contemplada com uma murada em toda sua extensão. 

O curioso é que, a gestão republicana tentou imprimir um slogan de município transparente, mas não tem se preocupado, por exemplo, em deixar claro pra população o valor da obra, como início e término. Mas, acelera a construção da murada, em um claro gesto que precisa prestar contas do que insiste em esconder, ao dificultar a transição. 




Por E-mail e por Júnior Campos

Estudante do campus Serra Talhada do IF Sertão-PE é premiada na 1ª Olimpíada Pernambucana de Física


aluna premiada 1

O campus Serra Talhada do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) entregou na manhã desta quinta-feira (08) a medalha de bronze conquistada pela aluna do 1º ano do Ensino Médio Integrado, Maria Larissa Melo, na Olimpíada Pernambucana de Física (OPEF), promovida pelo Instituto Federal de Pernambuco – campus Recife. A prova foi realizada em outubro e cerca de cinco mil estudantes de todo o estado de escolas públicas e particulares participaram da OPEF. Receberam premiação apenas os melhores colocados de acordo com o ano em que estudam.

Larissa recebeu a medalha das mãos do professor de Física, Daniel Souza

Segundo o professor de Física do campus, Daniel Souza, esta conquista é uma prova de que é possível oferecer ensino de qualidade gratuitamente e que a vinda de um campus do Instituto para Serra Talhada só faz com que a região como um todo seja beneficiada. “É gratificante ver um campus nascendo com sua primeira turma de Ensino Médio Integrado, coincidentemente com a primeira edição da Olimpíada Pernambucana de Física e já conseguimos colher um fruto, que é esta medalha. Nós temos uma turma pequena, porém bem preparada e que conseguiu atingir esse nível”, salientou o professor. Ainda de acordo com Daniel, a ideia é que a partir dos próximos anos, sejam formados grupos de estudo específicos para a OPEF.

A OPEF foi a primeira participação da estudante numa competição de que mede conhecimentos

Empolgada com a medalha que recebeu, a jovem Larissa destacou o incentivo que recebeu do Instituto como um todo para a realização da prova. “No dia da prova eu estava um tanto nervosa, afinal foi minha primeira experiência numa prova deste tipo. Mas ocorreu tudo bem e agradeço muito ao professor Daniel pela ajuda, por ter me incentivado a participar da olimpíada e ter dado até mesmo apoio psicológico”, concluiu.

Inauguração Campus Serra Talhada

O IF Sertão-PE tem uma história de sucesso em seus cinco campi que já dispõe de Ensino Médio Integrado (EMI) ao Ensino Técnico há mais tempo. O campus Serra Talhada do instituto ofereceu sua primeira turma de EMI em 2016. Estão previstas mais duas novas turmas nesta modalidade para o ano que vem – ambas integradas ao curso técnico de Logística. A sede definitiva do campus está em fase de conclusão, sendo previsto que em fevereiro de 2017 ela seja inaugurada.

André Nazário – Jornalista DRT/BA 48 76 /Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano – Campus Serra Talhada 

Festa em Belém do São Francisco para comemorar o centenário de nascimento de Dr. Alípio Lustosa de Carvalho


DSC_0313-vert

Quarta-feira de comemorações na cidade de Belém do São Francisco, familiares de Dr. Alípio Lustosa realizaram uma festa para comemorar o centenário e seu nascimento. A festa foi realizada no salão da Facesf, estiveram presentes além dos familiares, filhos, netos e sobrinhos, varias autoridades da região.

A filha de Dr. Alípio, Maria Olindina, esteve a frente do cerimonial, onde foi formada a mesa com presenças dos filhos e sobrinhos do centenário. Tambem foram convidados para compor a mesa dois prefeitos eleitos da região, Professor Licinio Lustosa, do município de Belém do São Francisco e Marcilio Cavalcante, de Cabrobó e ainda o deputado estadual Rodrigo Novaes.

Fazendo parte da programação oficial das comemorações do centenário de Dr. Alípio Lustosa, aconteceu o lançamento do livro “Educação, Penitência e Urbanismo”, de autoria da Escritora Maria Tercina Lustosa Barros Bezerra.

Após a programação interna que aconteceu no espaço de eventos da Facesf, os convidados acompanharam um dos momentos mais esperados da festa, a solenidade de descerramento da placa comemorativa dos 100 anos de nascimentos do Dr. Alípio Lustosa.

Com fotos e informações: Jornal Gazzeta do Sertão

Anchieta Patriota: “nenhum município está fazendo o que Carnaíba quer fazer”



O prefeito eleito de Carnaíba Anchieta Patriota e o atual, Zé Mário Cassiano, se revezaram em questionamentos falando ao programa Manhã Total, da Rádio Pajeú, em prova inequívoca de que não sentam mais a mesma mesa para conversar ou tomar o chá das cinco.

O pano de fundo, a disputa sobre quem tem legitimidade para utilizar os recursos fruto de ação para recuperar repasses do Fundef, hoje Fundeb, cujo depósito na próxima semana deve passar dos R$ 2 milhões e 100 mil com as correções. O blog divulgou a decisão liminar tomada esta semana.

“Essa ação foi iniciada em  agosto de 2010 e tinha como objetivo recuperar diferença do Fundef, de 2005 e 2010. A banca de Brasília só receberia se tivesse êxito. Eram R$ 400 mil, agora são pouco mais de R$ 2 milhões”.

Anchieta criticou a decisão de Zé Mário em usar o recurso antes do fim do mandato. “Nenhum município fez o que Carnaíba está querendo fazer, de distribuir 60% para os professores. O  TCE expediu recomendação para não se utilizar agora”, disse.

Anchieta defendeu que, quando houver uma posição clara, seja criado um fundo para premiar metas, através de lei enviada para Câmara. “Há muitas dúvidas. Se for pra distribuir é com o corpo de professores atual ou passado ? E no futuro se os prefeitos e professores forem condenados a devolver ? O TCE fez alerta para não usar esse recurso. O Supremo está para decidir o que vai fazer. Porque distribuir esse dinheiro sem critérios ?” Anchieta disse haver várias demandas na necessidade de oferta de água, saúde, pavimentação. Também acrescentou que preferiu ingressar ele com a ação e não usar ninguém. “Poderia botar outro pra fazer mas eu mesmo o fiz”.

Ele também afirmou que com estouro de comprometimento da folha em mais de 64% a Lei de Responsabilidade Fiscal manda que não haja aumento de despesa com pessoal.

Fonte: Blog de Nill Júnior

Zé Mário: “O dinheiro será depositado no meu governo. Porque não posso usar?”


8ce08138-3c5f-4ec6-9f2e-900298fa8716

Pouco depois, foi a vez do prefeito Zé Mário, acompanhado do filho, o advogado Jonas Cassiano, procurarem a Rádio Pajeú. O tom foi mais duro contra o gestor eleito.

“Fiquei surpreso porque esse dinheiro será depositado dia 12, dentro do meu governo. Porque não posso usar ? Estamos com folha em dia, pagamos o 13º de todos os funcionários, estamos pagando administração, saúde e Fundeb, com fornecedores em dia. Porque não posso usar ?”

Perguntado se conversou com o gestor eleito, atirou: “Anchieta não procura a pessoa pra conversar. Quando quer liga para os Secretários”. Já o advogado e filho do prefeito disse ter ficado surpreso pela parte autora. “Fez argumentação por ilações sem fundamento”. A primeira crítica foi de que a gestão Anchieta Patriota recolheu e não repassou a previdência dos servidores  De 2005 a 2012. “Foram 65 processos de servidores municipais que cobraram contribuição previdenciária. O município ao recolher teve que arcar com essa ingerência”, disse.

Cassiano ainda foi duro ao tratar do acordo da gestão Anchieta com a Mineradora Vale do Pajeú, que resultou na construção da Fábrica de Cimento.” Não houve debate social com Câmara ou moradores. Ele destinou 170 hectares para fabrica de cimento, decisão para dizer no mínimo surpreendente. Geralmente ou se compra ou se aluga a área. Em Carnaíba foi doado em uma atividade própria de capitania hereditária”.

Sobre a decisão de buscar homologar o acordo mesmo com recomendação de TCE e STF, Jonas disse que por isso buscou homologação na Justiça. “A gestão pediu homologação por entender a legalidade. Se não houve, o governo acata. É uma atitude respeitosa aos poderes. O Governo se preocupou em dialogar”.

O Prefeito disse que já ingressou com agravo da decisão, aguardando o julgamento do TJPE. “Os órgãos de controle recomendam mas não dizem que não pode. Há recomendação, não determinação. Se quiser os prefeitos podem fazer”, diz Zé Mário. Ele disse que não houve compra de livros, portanto não há o que pagar. “O processo licitatório foi revogado”.

Perguntado se a questão afetava a transição, Zé Mário voltou a alfinetar. “Coloquei equipe a disposição do futuro gestor. Esperava que fosse em uma sala da prefeitura. Mas ele quer que a equipe vá levar tudo na casa dele”.

Fonte: Blog do Nill Júnior

Carro colide com jumento na PE-360 deixando feridos nessa 5ª



Mais um acidente envolvendo animais na pista por pouco não tirou a vida de mais pessoas inocentes. Desta vez a colisão aconteceu na PE-360, nas proximidades da comunidade conhecida como Varjota na noite desta quinta-feira (8) em Floresta, no Sertão de Pernambuco.

De acordo com a fonte do Blog do Elvis que esteve no local do acidente, a colisão aconteceu por volta das 19h50. A caminhonete modelo Hillux bateu de frente com um jumento que morreu na hora. Outro veículo Frontier vinha atrás e chegou a bater na Hillux.

Quem pilotava a hillux era um policial que não teve ferimentos. Um passageiro do mesmo veículo sentia leves dores no peito e foi socorrido para o hospital local. Não há informações sobre o estado de saúde das pessoas que estavam na Frontier. As vítimas não foram identificadas até o momento. a informação é de Elvis em seu blog.

A presença de Michel Temer no Sertão, nesta 6ª, é uma piada e agressão aos sertanejos



Por Giovanni Sá, editor do Farol

O presidente Michel Temer vai estar no município de Salgueiro, nesta sexta-feira (9), em uma espécie de visita oficial. De acordo com a assessoria da Presidência, Temer fará uma visita à Estação de Bombeamento 3 do Eixo Oeste da Transposição do Rio São Francisco. O presidente fará um sobrevoo na obra e descerá na estação, por volta das 12h30. Segundo a assessoria, será apenas uma visita técnica e não haverá fala e nem presença de convidados.

Mas a visita do presidente sem votos pode se transformar numa piada. Nem mesmo o prefeito de Salgueiro, Marcones Libório (PSB), sabe o que diabos Temer veio fazer na região. “Não foi feito nenhum contato”, afirmou. “Só vejo uma possibilidade dele aqui: a Transposição, mas a obra está parada há cerca de quatro meses”, acrescentou Libório.

Mas o buraco é mais embaixo. Com a popularidade em queda e os protestos rodando à sua mesa, o presidente Michel Temer veio num momento de grande aflição para os sertanejos. A região sofre com uma longa estiagem e não há uma política hídrica eficaz de convivência com a seca. Para acabar de lascar o cano, o ‘Pacote da Previdência’ enviado pelo governo ao Congresso Nacional é um tapa na cara do brasileiro, em especial, nos nordestinos. O que diabos Temer veio fazer aqui?

Por enquanto, o governo do PMDB está cercado de suspeitas e é um governo inseguro, sem rosto, pálido e pode ficar sem norte. Vir sobrevoar uma região cercada de problemas estruturais e posar para as máquinas fotográficas, sem dúvidas; será uma agressão aos sertanejos. Torço que ele (Michel Temer) me surpreenda nesta visita. E tenho dito!

Odebrecht revela caixa 2 em dinheiro vivo para Alckmin, diz jornal



Diário de Pernambuco

A Odebrecht afirmou no acordo de delação premiada com a Lava-Jato que efetuou pagamento de caixa dois, em dinheiro vivo, para as campanhas de 2010 e 2014 do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). A informação é do jornal Folha de S.Paulo. Segundo os executivos da empresa, duas pessoas próximas ao governador agiram como intermediárias dos repasses. Eles também afirmam que não chegaram a discutir o assunto diretamente com Alckmin.

Segundo a delação, R$ 2 milhões em espécie foram repassados ao empresário Adhemar Ribeiro, irmão da primeira-dama, Lu Alckmin. A entrega do recurso, de acordo com os termos da delação, ocorreu no escritório de Ribeiro, na capital paulista. Em 2010, o tucano foi eleito no primeiro turno com 50,63% dos votos válidos –o segundo colocado na disputa foi o ex-ministro Aloizio Mercadante (PT). 

Em 2014, o caixa dois para a campanha de reeleição de Alckmin teve como um dos operadores o hoje secretário de Planejamento do governo paulista, Marcos Monteiro, político próximo ao governador. Na época das negociações dos recursos, ele seria chamado de "MM" pelos funcionários da Odebrecht. A Folha não obteve os valores que teriam sido pagos na campanha para a reeleição. Alckmin foi reconduzido ao cargo com 57% dos votos, ficando à frente de Paulo Skaf (PMDB), segundo colocado.

Um dos executivos que revelaram o caixa dois é Carlos Armando Paschoal, o CAP, ex-diretor da Odebrecht em São Paulo e um dos responsáveis por negociar doações eleitorais para políticos. Paschoal é parte do grupo de 77 funcionários da empreiteira que fecharam um acordo de delação premiada com investigadores da Lava-Jato há duas semanas.

O executivo também fez afirmações sobre o suposto repasse, revelado pela Folha, de R$ 23 milhões via caixa dois para a campanha presidencial de 2010 do atual ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB).

Dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) indicam que não há doações diretas da Odebrecht à conta da candidatura de Alckmin em 2010 e 2014. O tribunal registra, em 2010, apenas uma doação oficial de R$ 100 mil da Braskem, braço petroquímico da empreiteira, à direção do PSDB em São Paulo. Em 2014, foi informada uma doação de R$ 200 mil da mesma empresa ao comitê financeiro da campanha a governador. Esse recurso foi repassado pelo comitê à conta da candidatura do tucano.

O codinome de Alckmin nas listas de propina e caixa dois da empreiteira era "santo", segundo informação publicada pela revista "Veja" recentemente. O apelido aparecia associado nas planilhas da Odebrecht apreendidas pela Polícia Federal à duplicação da rodovia Mogi-Dutra, uma obra do governo Alckmin de 2002. A palavra "apóstolo", escrita originalmente na página, foi rasurada e trocada por "santo".

O mesmo codinome é citado em e-mail de 2004, enviado por Marcio Pelegrino, executivo da Odebrecht que gerenciou a construção da linha 4-Amarela do Metrô, na capital paulista. Na mensagem, Pelegrino diz que era preciso fazer um repasse de R$ 500 mil para a campanha "com vistas a nossos interesses locais". O executivo afirma que o beneficiário do suposto suborno era o "santo".

Procurado pela Folha para se manifestar sobre a delação da Odebrecht, o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) afirmou, por meio de sua assessoria, que "é prematura qualquer conclusão com base em informações vazadas de delações não homologadas". "Apenas os tesoureiros das campanhas, todos oficiais, foram autorizados pelo governador Geraldo Alckmin a arrecadar fundos dentro do que determina a legislação eleitoral", diz nota.

Sobre o codinome "santo" que aparece em planilha da Odebrecht, a nota afirmou que o apelido "aparece em outros documentos oficiais apreendidos na Operação Lava Jato referentes aos anos de 2002 e 2004, sem qualquer relação com eleições disputadas pelo governador Geraldo Alckmin".

A assessoria do governo informou que Marcos Monteiro, citado pela Odebrecht como intermediário de caixa dois na campanha de 2014, foi o tesoureiro daquela campanha. Em nota, a assessoria de Monteiro disse que ele é o tesoureiro do diretório estadual do PSDB há dois anos e "presta contas do fundo partidário à Justiça Eleitoral com regularidade".

O cunhado de Alckmin, Adhemar Ribeiro, citado pela empreiteira como operador do caixa dois em 2010, não retornou o contato até o fechamento da reportagem. Procurada, a Odebrecht diz que não se manifesta sobre negociação com a Justiça. 

Arcoverde: prefeita prorroga validade de concurso



A prefeita de Arcoverde, Madalena Britto (PSB), assinou, hoje, o decreto Nº 220/2016, prorrogando por mais dois anos o prazo de validade do Concurso Público Nº 001/2014 para provimento de cargos efetivos da Prefeitura de Arcoverde. Confira no documento ao lado. (Blog do Magno)

Destino de mais de R$ 2 milhões de precatórios da educação gera fim de trégua entre Zé Mário e Anchieta Patriota


Prefeito atual queria usar recurso antes do término do mandato. Mas, usando parecer do TCE e STF, futuro gestor conseguiu liminar. Nas entrelinhas, houve críticas de quem vai entrar contra quem está saindo
Fonte: Blog do Nill Júnior

Em Carnaíba, a destinação de verbas recebidas pelos municípios em precatórios do Tribunal Regional Federal (TRF) referentes a diferenças de repasses do antigo Fundef gerou uma disputa entre prefeito e gestor eleito, que até então se tratavam como aliados.

O blog teve acesso ao debate jurídico entre o governo Zé Mário e o futuro, de Anchieta Patriota . Em Carnaíba, o valor dessa diferença chega a pouco mais de R$ 2 milhões e 94 mil. O clima entre os dois, que viviam trégua desde o período eleitoral, azedou de vez.

Houve uma  Ação Ordinária, promovida, através de advogados, pela Associação dos Servidores Municipais de Carnaíba – ASSEMUCA, pretendendo uso de 60% do valor do precatório para pagamento dos salários dos professores da rede pública municipal.  A Associação pleiteou bloqueio judicial desse percentual.

Mas o Ministério Público opinou pelo indeferimento da homologação do acordo alegando que “pode ensejar considerável prejuízo para o erário municipal e até mesmo para os professores”.

O prefeito eleito e o vice propuseram Tutela Antecipada de Urgência Requerida em Caráter Antecedente. Em suma, que o valor não fosse usado agora, já que não há entendimento de como usar o recurso pelos órgãos de controle. Na argumentação, críticas duras à gestão Zé Mário: dentre elas, de que o município se encontra em situação financeira precária, não repassa as contribuições previdenciárias apesar de descontá-las dos servidores; além de gastar com o pessoal a porcentagem de 64%, quando o limite estabelecido pela LRF é de 54%.

Afirmam ainda que há uma série de bloqueios judiciais para garantir indenizações da localidade de Santa Rosa, mas o valor é insuficiente para a quitação dos débitos. “No entanto, o réu (a prefeitura) tem a receber um precatório no valor de R$ 2.094.330,33 (dois milhões, noventa e quatro mil, trezentos e trinta reais e trinta e três centavos), com o pagamento a partir de 12 de dezembro”.

Dizem Anchieta e Júnior que houve “dois lamentáveis expedientes” para a atual gestão do Município de Carnaíba gastar o valor do precatório. O primeiro diz respeito a uma “compra desnecessária de livros, mediante inexigibilidade de licitação tendo como contratada a empresa Nova Mente Cultural, sendo investigada pelo TCE por ter participado de licitações suspeitas, no final de 2015 no valor de R$ 907.530,00 quando o pagamento deveria ter sido em junho de 2015″. O ato foi “flagrantemente premeditado”, para pagamento como valor resultante do precatório, questionam.

O segundo ponto que os promoventes adjetivam de “grave” é o ingresso da Associação de professores visando definir imediatamente o valor do precatório conforme as regras do FUNDEB, indo de encontro à orientação do TCE e da decisão do STF. “Ocorre que no processo de nº 810-46.2016.8.17.0460 foi protocolado um acordo judicial, aceitando o Município de Carnaíba os termos da petição inicial”.

Diz a ação que a gestão Zé Mário aceitou pagar aos advogados da associação de professores honorários na importância de 20% (vinte por cento), realizando, segundo autores, “expediente totalmente contrário ao bom senso, ao bom direito, à moralidade, à legalidade e até mesmo à eficiência, dando de imediato destinação equivocada a volumoso recurso”.

Em suma, o Juiz José Carvalho de Aragão Neto decidiu conjuntamente com base na ação dos eleitos e no parecer do MP. “O acordo envolve honorários de advogados que não participaram do processo que originou o precatório, e está fora de sintonia com o art. 85, § 3º, Novo Código de Processo Civil”. Assim, indeferiu a homologação do acordo, para determinar  a interrupção do andamento do processo até o término da suspensão dos prazos processuais, em 20/01/2017, quando a Secretaria deverá designar a audiência de conciliação, que só deverá deixar de ocorrer se ambas as partes manifestarem, expressamente, desinteresse.

O Juiz questiona:  “se o processo que originou o precatório é do ano de 2010 e o Município de Carnaíba teve que esperar por mais de seis anos para receber o valor devido, qual o motivo que o Prefeito que está a 25 dias de deixar o cargo tem para gastar todo o esse valor?”

Quanto à contratação da empresa Nova Mente Cultural Ltda, posta sob suspeição, deferiu a tutela antecipada de urgência para determinar que o atual Prefeito de Carnaíba se abstenha de utilizar o dinheiro  do precatório para pagar  a empresa, até deliberação do Poder Judiciário. A  multa diária para  José Mário Cassiano Bezerra é de  R$ 10 dez mil reais. Ele pode recorrer da decisão. Veja abaixo decisão na íntegra:


Mais uma obra parada na era TEMER\Barragem de Ingazeira retomada só em 2017


Resultado de imagem para barragem de ingazeira

A Promessa foi feita pelo engenheiro Gervásio Silva, responsável pela obra da Barragem de Ingazeira e a noticia repassada hoje ao comunicador Anchieta Santos no Programa Rádio Vivo, na Rádio Pajeú pelo Presidente da Amupe em exercício Luciano Torres, prefeito de Ingazeira.

A informação é de que R$ 7,8 milhões foram liberados, com R$ 7 milhões para obra e R$ 800 mil para consultoria e indenizações.

Na próxima semana a empresa responsável pela construção da barragem reiniciará a contratação do pessoal e no início de janeiro os trabalhos serão retomados. Nos próximos dias mais R$ 7 milhões serão liberados para a obra, disse Luciano.

Sobre o Congresso da Amupe para os novos gestores, Torres considerou um sucesso, inclusive com a notícia dada pelo Governador Paulo Câmara de manutenção do FEM. Sobre atraso de parcelas do FEM 2014, Luciano disse que a informação da SEPLAG é de que os recursos estão disponíveis, faltam os municípios atualizarem suas prestações de contas.

Luciano disse que 140 prefeitos e mais 800 participantes entre secretários, assessores e palestrantes tomaram parte no encontro de Gravatá realizado nos dias 05 e 06 de dezembro. (Marcello Patriota)

Em Carnaíba se encerra nesta quinta a programação da Festa Imaculada Conceição



Com programação que teve início por volta 12h com queima de fogos, a Festa da Imaculada Conceição, no Bairro Carnaiba Velha, tem seu encerramento nesta quinta-feira (8). A noite é dedicada a todos os devotos da Imaculada Conceição. Logo mais ás 18h haverá procissão com a imagem da Imaculada Conceição saindo da Igreja Matriz de Santo Antônio e São João Maria Vianney, passando pelas principais ruas da cidade, e seguindo em direção a capela da Imaculada Conceição, localizada no Bairro Carnaíba Velha, às 19h celebração da Santa Missa, logo depois anúncio dos novos juízes, pajem e madrinha da bandeira.

Após foto com Aécio, Lula volta a pedir afastamento de Moro


Resultado de imagem para aecio com moro

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva voltou a pedir a suspeição do juiz Sérgio Moro na condução dos processos da Lava Jato. O novo argumento é a foto do magistrado com o presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, durante um evento em São Paulo na última terça-feira (6). A imagem foi anexada na quarta-feira (7/12) a um processo que a defesa do petista move contra o juiz de Curitiba desde novembro no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, segundo o portal Consultor Jurídico.

Segundo a defesa do ex-presidente, a foto mostra “clara relação de proximidade e confraternização com Aécio Neves, notório adversário político do primeiro peticionário (Lula)”. Os advogados do petista já haviam apontado que Moro esteve “confraternizando” com “algozes” do ex-presidente em outras ocasiões, como quando posou com o prefeito eleito de São Paulo, João Dória Jr. (PSDB), e participou de lançamento do Portal da Transparência do governo de Mato Grosso, governado pelo por Pedro Taques (PSDB).

O argumento dos advogados de Lula é que esses fatos comprovam a tese de que o magistrado "não possui as necessárias isenção, equidistância e imparcialidade para julgar os fatos atinentes aos peticionários”. 

Em Arcoverde leitos tomarão posse no dia 19 de dezembro



A solenidade de Diplomação dos Eleitos no Pleito de 2016 já foi marcada pelo juiz eleitoral da 57ª Zona Eleitoral – Arcoverde, Dr. Cláudio Márcio Pereira de Lima, para o dia 19 de dezembro, às 20h, no Esporte Clube de Arcoverde. Serão diplomados a prefeita reeleita Madalena Britto (PSB) e o vice-prefeito Wellington Araújo (PSB), além dos dez vereadores eleitos para a Casa James Pacheco: Dra. Cybele Roas (PP), Geraldo Vaz (PSD), João Taxista (PRP), Siqueirinha (PSB), Everaldo Lira (PMDB), Luiza Margarida (PMDB), Célia Cardoso (PSB), Cleriane Medeiros (PRTB), Heriberto do Sacolão (PTN) e Zirleide Monteiro (PTB). Os suplentes, até a 3ª colocação de cada coligação, também serão diplomados. 

Governo Federal lança edital das obras do Eixo Norte do Projeto São Francisco


cid:image001.jpg@01D25086.3257F2B0

O Ministério da Integração Nacional vai publicar, nesta quinta-feira (8), o edital de licitação das obras da primeira etapa (1N) do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco que não foram executadas pela empresa Mendes Júnior. O documento estará disponível no Diário Oficial da União (DOU) e no portal do Ministério. O modelo definido em parceria com o Tribunal de Contas da União (TCU) é o Regime Diferenciado de Contratações (RDC) e as propostas estão previstas para serem abertas na primeira quinzena de janeiro do próximo ano. Já a contratação das obras deverá ocorrer em fevereiro de 2017.

O edital contempla a realização de serviços nesta etapa de 140 quilômetros de extensão, que atravessa os municípios pernambucanos de Cabrobó, Salgueiro e Verdejante e pela cidade cearense de Penaforte.  Com a conclusão das estruturas necessárias para a passagem de água, a expectativa do Ministério é beneficiar o reservatório Jati, localizado em Jati (CE), em agosto próximo e, em setembro, a população da Região Metropolitana de Fortaleza. O estado do Rio Grande do Norte será atendido em dezembro de 2017. Com 91,2% de avanço no Eixo Norte, os outros dois trechos (2N e 3N) estão em fase final de construção.

O processo de licitação da etapa que estava sob a responsabilidade da Mendes Júnior foi iniciado, em novembro, pelo Ministério com o lançamento da Consulta Pública da minuta do edital e seus anexos. O procedimento foi encerrado no último dia 29 e teve o objetivo de coletar contribuições na versão final do documento pelas construtoras interessadas.

A substituição da empresa no Projeto São Francisco foi iniciada em junho desse ano, num trabalho conjunto do Ministério e do Tribunal, imediatamente após a prestadora de serviços informar à Pasta a incapacidade financeira e técnica para a continuidade dos compromissos firmados. A rescisão contratual com a Mendes Jr já foi assinada e publicada no Diário Oficial da União desta quarta.

Projeto São Francisco

Faltam apenas 9,2% para a conclusão da maior obra de infraestrutura hídrica do país que levará água para mais de 12 milhões de pessoas nos Estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Com 90,8% de avanço nos dois eixos (Norte e Leste), a água Projeto São Francisco deverá chegar a Monteiro (PB) em fevereiro de 2017 e em Campina Grande em abril do próximo ano, por meio do Eixo Leste. As obras físicas desse eixo serão finalizadas em dezembro deste ano.

Empresário de Serra Talhada quer investir R$ 1 milhão para criar orla e loteamento às margens do Pajeú


loteamento

Uma avenida dupla de 21 metros de largura e 1 quilômetro de comprimento, com vista para a serra e praça arborizada às margens do Rio Pajeú, em Serra Talhada. Este é o projeto que já se encontra a pleno vapor, tendo no comando o empresário Auxêncio Carvalho, cujo investimento gira em torno de R$ 1 milhão. Além da ‘ Orla do Pajeú’, com 460 metros, dentro em breve haverá venda de lotes residenciais num espaço considerado nobre.

“Para você ter uma ideia, vamos abrir uma avenida que vai criar uma nova entrada para o centro de Serra Talhada, partindo do bairro Cachichola. Uma avenida que vai sair na Rua dos Correios”, explicou o empresário, mostrando a planta baixa do loteamento.

Segundo ele, tudo está sendo acompanhado de perto pela Prefeitura de Serra Talhada. “Vou doar um espaço para construção de uma praça e o loteamento é todo legalizado, seguindo as orientações da prefeitura”, asseguro Auxêncio Carvalho. Maiores informações sobre o empreendimento ligar para 87- 999214239. (Farol de Notícias)

MEC decide congelar vagas em universidades federais



Com universidades funcionando em prédios alugados e déficit de professores, o Ministério da Educação (MEC) vai congelar nos próximos dois anos a ampliação de vagas no ensino superior em universidades federais. Paulo Barone, secretário da Educação Superior, disse que a prioridade nos investimentos será para “assegurar a continuidade do processo de expansão que está em andamento”.

“A prudência recomenda que se consolide o processo de expansão que ainda está em andamento para depois planejarmos novos voos. Estamos trabalhando dessa forma, tentando honrar os compromissos com as instituições, no sentido de garantir o pleno funcionamento dos cursos que foram criados”, disse Barone.

O congelamento deixa o País ainda mais distante da meta do Plano Nacional de Educação que prevê ampliar a taxa bruta de matrícula na educação para 50% da população de 18 a 24 anos – em 2014, a taxa era de apenas 34,2% -, assegurando a qualidade da oferta e expansão para, pelo menos, 40% das novas matrículas no segmento público.

As instituições federais, que são responsáveis hoje por mais de 60% das matrículas de alunos de graduação na rede pública convivem desde 2014 com o corte de verbas. Algumas maiores, como a Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) enfrentam dificuldades para manter contas básicas em dia, como a de energia elétrica. Fonte: Diário de Pernambuco

TCE NA PAUTA: Acossado por novos prefeitos, TCE pressiona prefeituras a usar recursos extras no pagamento de folhas de pessoal atrasadas


Foto: Arquivo

O Tribunal de Contas do Estado (TCE), por proposição do Ministério Público de Contas (MPCO), em sessão desta quarta-feira (7), aprovou uma recomendação aos atuais prefeitos, sobre a aplicação de verbas extras que estão sendo recebidas pelos municípios neste final de mandato.

Trata-se de pressão exercida pelos prefeitos eleitos neste ano, com medo de pegarem um abacaxi maior do que o esperado.

Todos estão de olho em despesas extras. No caso, a principal verba a ser distribuída aos municípios, no final de 2016, no valor de quase 100 milhões de reais, refere-se à cota-parte do ICMS, decorrente do programa de recuperação fiscal do Governo do Estado. Há ainda possibilidade de novos recursos de “repatriação” do Governo Federal.

Segundo o procurador geral do MPCO, Cristiano Pimentel, há reclamação, por parte de algumas comissões de transição, de que estas verbas serão aplicadas para pagar contratos e fornecedores, em detrimento das folhas atrasadas, do décimo-terceiro e da folha de dezembro.

“Há uma evidente inversão de prioridades em deixar de utilizar estas verbas extras para pagar a folha salarial, deixando para os próximos prefeitos este débito com os servidores”, aponta Cristiano Pimentel.

A deliberação do Pleno seguirá para os atuais prefeitos através de ofício, assinado pelo presidente do TCE, conselheiro Carlos Porto.

No texto, há uma recomendação para “utilizar as receitas extraordinárias, recebidas nas últimas semanas ou a receber, para quitar folhas salariais eventualmente atrasadas, realizar o pagamento do 13º salário e também da folha salarial de dezembro”.

Segundo o texto da recomendação, os servidores, mesmo os comissionados e temporários, têm garantidos direitos sociais previstos na Constituição Federal, sendo que o caráter estatutário do vínculo não afasta o direito à remuneração tempestiva.

O TCE manteve, ainda, recomendação anterior para que os atuais prefeitos não utilizem outra verba, proveniente de precatórios do extinto Fundef, até que haja uma orientação de mérito do Supremo Tribunal Federal (STF) a respeito. Do Blog de Jamildo.

Cinco pessoas morrem em acidente com avião em Manaus


Resultado de imagem para Cinco pessoas morrem em acidente com avião em Manaus

O inferno astral aéreo que toma conta do Brasil ainda não acabou. Na manhã desta quarta-feira (7), um avião de pequeno porte descontrolado caiu no Amazonas.

acidente ocorreu em uma região de mata em Manaus, perto do bairro da União, na Zona Centro-Sul da capital amazonense.

Até o momento as autoridades aéreas informam que cinco pessoas morreram na colisão, seguida de explosão.

A queda foi registrada às 8 horas, aproximadamente, e um homem ainda foi resgatado com vida. O passageiro foi socorrido e encaminhado ao hospital mais próximo em situação considerada gravíssima.

Dentre as vítimas fatais, havia uma criança de apenas quatro anos de idade. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as buscas foram realizadas em terreno bastante difícil. Primeiramente foi preciso controlar as chamas para depois iniciar os resgates. Policiais militares isolaram a área para dar tranquilidade aos socorristas e aos homens que combateram o fogo.

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas ainda não tem pistas sobre as causas do #Acidente, que serão apuradas pela Aeronáutica e pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Até o momento o que se tem de certeza é que aeronave atuava prestando serviço de táxi aéreo. O trajeto contratado partiu de Manaus e tinha como destino a cidade de Novo Aripuanã, distante 227 km de Manaus.

A decolagem ocorreu às 7h45 e o pequeno avião caiu poucos minutos depois. De acordo com o tenente João Filho, que liderou o trabalho do Corpo de Bombeiros, o piloto foi lançado do avião e localizado a cerca de dez metros do local onde houve o choque.

Já o homem que foi retirado dos escombros com vida teve 90% do corpo atingido por queimaduras profundas, o que o agravam extremamente a sua situação.

Ele foi levado para Hospital Pronto-Socorro 28 de Agosto, referência no tratamento de queimados. A unidade hospitalar informou, por meio de sua assessoria de comunicação, que o homem ainda não foi identificado e que foi prontamente encaminhado ao centro cirúrgico.

A expectativa é que ainda nesta tarde de quarta-feira (7) um boletim médico com mais detalhes seja disponibilizado pela equipe médica.

Apac faz alerta para baixa umidade do ar no Agreste, no Sertão Arcoverde e Serra Talhada estão entre as alertadas


Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco (Foto: Caren Diniz/TV Asa Branca)

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um alerta sobre a baixa umidade do ar para esta quarta-feira (07) em Pernambuco. As regiões mais afetadas serão Agreste e Sertão de Pernambuco. No alerta, também foi informado sobre a presença de uma massa de ar seco, que inibe a formação de nuvens propiciando a elevação do calor.

Segundo a Apac, a baixa umidade, pode provocar complicações alérgicas e respiratórias devuido ao ressecamento das de mucosas, nariz e da pele e irritação nos olhos. Outro alerta diz respeito ao potencial de incêndios em pastagem e regiões de mata, devido ao calor.

Segundo a Apac, a umidade relativa do ar deve permanecer com números abaixo de 20% e com temperaturas ultrapassando 37º C, no período da tarde e início da noite, no Sertão. No Agreste os valores podem atingir temperaturas acima dos 34º C nos próximos dias.

De acordo com a agência, no Sertão foram registrados números abaixo de 20%. Em Serra Talhada a umidade relativa do ar chegou a 13%, Floresta 14%, Salgueiro 15%, Ouricuri 15%, Ibimirim 17% e Arcoverde 16%. Já no Agreste a umidade atingiu valores abaixo de 25%. Águas Belas registrou 17%, Garanhuns 23%, Brejão 24% e São Bento do Una 24%.

A recomendação é evitar exercícios físicos ao ar livre nos horários de 11h e 15h. O ambiente deve ser umidificado com vaporizadores e toalhas molhadas e sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol, além do uso do protetor solar e ingestão de água, conforme a Apac. (G1 Caruaru)

Concurso Polícia Militar: Mais de 2 mil vagas para Soldado!


concurso publico policia militar são paulo (1)

A Diretoria de Pessoal da Polícia Militar do Estado de São Paulo tornou público o edital de concurso Nº DP-2/321/2016, com o objetivo de preencher 2.293 vagas no cargo de Soldado PM de 2ª Classe. A execução da seleção será realizada pela coordenação técnico-administrativa da Fundação VUNESP.

O salário inicial será de R$ 2.992,54 e para concorrer no certame, o candidato deve ter nível médio completo, ser brasileiro, idade mínima de 17 anos e máxima de 30 anos, ter estatura mínima descalço e descoberto de 155 cm, se mulher, e 160 cm, se homem, entre outras exigências, as quais deverão ser conferidas.

Os aprovados terão de executar as seguintes atividades na função: realizar o policiamento estensivo e a preservação da ordem pública, envolvendo a repressão imediata às infrações penais e administrativas e a aplicação da lei, nas diversas formas de policiamento, sempre primando pela defesa da vida, da integridade física e da dignidade do ser humano, em conformidade com os princípios doutrinários de polícia comunitária, de direitos humanos e de gestão pela qualidade.

Para se inscrever, o candidato deverá acessar o site da VUNESP (www.vunesp.com.br), no período entre 16 de novembro e 15 de dezembro, com recolhimento de taxa no valor de R$ 50,00.

Este processo seletivo será composto de prova objetiva, prova dissertativa, exames de aptidão física, exames de saúde, avaliação da conduta social, de reputação e da idoneidade e avaliação de documentos.

As provas serão realizadas na data provável de 5 de fevereiro de 2017, nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba.

O prazo de validade do concurso público será de 90 dias, a contar a partir da data de sua homologação, sendo permitida a sua prorrogação por igual prazo.

Segundo especialista, o concurseiro que inicia os estudos antes do edital tem 50% mais chance de ser aprovado. O segredo é estudar com apostilas, provas anteriores e exercícios. (Blog do Didi Galvão)

Afastamento meia-sola: autodesmoralização do STF



Josias de Souza

O Supremo Tribunal Federal viveu uma sessão histórica nesta quarta-feira, dia 7 de dezembro 2016. A Corte já não é tão Suprema. Seus ministros já não precisam fazer muito esforço para exibir altivez. Basta que fiquem agachados. Rendendo-se às conveniências de um réu ilustre, o senador Renan Calheiros, o ex-Supremo deflagrou um inédito processo de autodesmoralização.

Por maioria de seis votos a três, o ex-Supremo ignorou providências que havia adotado em relação a Eduardo Cunha para brindar Renan com um afastamento meia-sola. O réu alagoano não poderá substituir o presidente da República. Mas o fato de responder a uma ação penal por se apropriar de verbas públicas em benefício particular não o impede de continuar presidindo o Senado e o Congresso como se nada tivesse sido descoberto sobre ele.

A decisão do ex-Supremo foi 100% política. Resultou de uma costura que envolveu os chefes dos três Poderes: Michel Temer, Cármen Lúcia e o próprio Renan. Partiu-se do pressuposto de que o afastamento do réu alagoano do comando do Senado arruinaria a governabilidade, comprometeria a aprovação da emenda constitucional do teto de gastos e agravaria a crise econômica. Com esse entendimento, as instâncias máximas da República como que convidam o brasileiro a se fingir de bobo pelo bem do país.

Renan celebrava o resultado do julgamento na noite da véspera. Conforme noticiado aqui, o senador antecipava o veredicto aos aliados. Se a sensibilidade auditiva fosse transportada para o nariz, os interlocutores de Renan sentiriam um mau cheiro insuportável ao ouvir as expressões chulas que ele utilizava para se referir ao ministro Marco Aurélio Mello, autor da liminar que ordenava o seu afastamento da presidência do Senado. Como também já foi noticiado aqui, Renan descumpriu a ordem do relator seguindo instruções de um outro ministro do próprio ex-Supremo.


Três dias depois de o brasileiro ter voltado às ruas para reiterar o apelo por moralidade e pedir a cabeça de personagens como Renan, o ex-Supremo alistou-se voluntariamente na volante alagoana. Fez mais: anexou o Brasil à região metropolitana de Alagoas. E se autoconverteu num puxadinho do gabinete do cangaceiro. Tudo isso em nome de uma pretensa governabilidade. Salvo melhor juízo, não há vestígio de semelhante desmoralização na história da Suprema Corte brasileira.

Governo de Pernambuco antecipa pagamento do IPVA para janeiro


Imagem relacionada

O Governo de Pernambuco publicou, nesta quarta-feira (7), o calendário do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) relativo a 2017. Com parcela única e a primeira cota com vencimento em janeiro, as datas foram antecipadas. Nos últimos dois anos, o IPVA começava a ser cobrado em março.

De acordo com a tabela, no caso dos veículos com placas terminadas em 1 e 2, o vencimento da primeira parcela (ou cota única para os que preferirem pagar de uma só vez) acontece no dia 17 de janeiro. A segunda parcela vence no dia 9 de fevereiro e a terceira, em 9 de março.

Cota única e primeira devem ser pagas no dia 17 de janeiro (Foto: Diário Oficial/Reprodução)

Já os proprietários de veículos com placas terminadas em 3 e 4 terão o dia 20 de janeiro para o pagamento da conta única ou da primeira parcela, seguido pelas datas 14 de fevereiro e 14 de março.

Para os automóveis com placas terminadas em 5 e 6, as datas são 24 de janeiro, 17 de fevereiro e 17 de março. As com 7 e 8 no fim precisam pagar o imposto nos dias 27 de janeiro, 21 de fevereiro e 21 de março. Enquanto as placas com terminação 9 e 0 quitam nos dias 31 de janeiro, 24 de fevereiro e 24 de março.

O calendário foi publicado nesta quarta, porém o decreto é da terça-feira (6). De acordo com a Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE), os valores do IPVA 2017 devem ser divulgados após a segunda quinzena de dezembro. Já os boletos de pagamento do IPVA estarão disponíveis no site do Detran-PE a partir de 1º de janeiro de 2017. 

Resposta do governo

Por meio de nota, a Sefaz-PE explicou que "a mudança na data de pagamento do IPVA foi realizada em virtude da necessidade de geração de fluxo de caixa no início do ano, em decorrência da crise econômica que atinge o País. Em contrapartida, como uma forma de compensar os contribuintes que fizerem o pagamento à vista, será concedido um desconto de 7% no valor do imposto, no lugar dos 5% concedidos em outros anos – um aumento de 40% no percentual de abatimento". 

Com uma frota tributável de 2.499.284 veículos, Pernambuco arrecadou com o IPVA, em 2016, cerca de R$ 1 bilhão. Ainda não há previsão de quanto será o valor arrecadado em 2017. 

"Os recursos arrecadados com o IPVA entram na conta do Estado e são distribuídos para pastas prioritárias como educação, saúde e segurança pública. No total, 50% desse montante é repassado para as contas dos 184 municípios do Estado de Pernambuco, que também sofrem com as consequências da crise econômica. Os recursos servirão para auxiliar na administração dos novos gestores municipais, que assumem em janeiro de 2017", finaliza a nota da Sefaz-PE (G1)

STF decide pela permanência de Renan Calheiros na presidência do Senado


Antonio Cruz/Agência Brasil

Por 6 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu pela permanência de Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado, contrariando a liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello, que havia exigido o afastamento imediato de Calheiros. Ricardo Lewandowski, Celso de Mello, Luiz Fux, Teori Zavascki, Dias Toffoli e Cármen Lucia votaram a favor de Renan. Apesar de ter vencido no STF, ficou decido que o atual presidente da Casa não poderá substituir o chefe do Executivo nacional, saindo, assim, da linha sucessória da Presidência.

Renan Calheiros assistiu parte do julgamento em seu gabinete, ao lado do filho, o governador de Alagoas, Renan Calheiros Filho; do vice-presidente do Senado, Jorge Viana (PT-AC); do líder do PMDB na Casa, Eunício Oliveira (CE); do líder do governo no Senado, Romero Jucá (RR) e do senador Otto Alencar (PSD-BA). A senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), também acompanhou o julgamento ao lado de Calheiros. O deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) esteve no gabinete e afirmou que todos assistiram à sessão em silêncio, apenas tecendo comentários, sem esboçar reações. 

Rosa Weber e Edson Fachin seguiram o ministro Marco Aurélio Mello e votaram pelo afastamento de Renan Calheiros da presidência do Senado. Mello havia expedido uma liminar determinando o afastamento do peemedebista na última segunda-feira (5/12), atendendo a um pedido da Rede Sustentabilidade. A sigla argumentava que um político que virou réu não pode permanecer na linha sucessória da Presidência da República. "Com o recebimento da denúncia [contra Renan], passou a existir impedimento incontornável para a permanência do referido senador na Presidência do Senado Federal, de acordo com a orientação já externada pela maioria dos ministros do STF", defendeu a Rede no pedido.

Renan tornou-se réu por peculato (desvio de dinheiro público) em 1º de dezembro, após o STF aceitar uma denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR). O peemedebista é acusado de desviar dinheiro do estado e ter usado documentos falsos para justificar o pagamento de pensão a uma filha que teve fora do casamento. O caso foi revelado em 2007. Na época, após a denúncia, o senador teve de renunciar à presidência da Casa. 

Festa de Violeiros no Sesc Arcoverde



“O homem do nordeste é um homem feliz”. Inspirado nas palavras de José Rabelo sobre a alegria e cultura do nordestino, o Sesc Arcoverde promove a 1ª Festa de Violeiros José Rabelo de Vasconcelos. O objetivo do projeto, que reunirá poetas, declamadores e músicos locais é manter viva a discussão propiciada pelo senso crítico e social do Repente. A programação é gratuita e acontece na unidade do Sesc, nesta quinta (8) e sexta-feira (9).

No primeiro dia da festa, haverá uma mesa de conversa, às 15h, sobre “Quem tem tino pro Repente, canta um Rap repentino!”, com as participações de Clécio Rimas, Cacau Arcoverde, Geraldo Amâncio Antônio Lisboa e Leonardo Salazar e moderação de Lucivaldo Oliveira. Às 18h, o público poderá apreciar o trabalho de Leandro Vaz que fará uma apresentação poético-musical. A solenidade de abertura será às 19h e contará com a presença do diretor do Sesc Pernambuco, Antônio Lima, da gerente Andrea Marquim, da família Rabelo de Vasconcelos e convidados.

Já na sexta-feira (9), a programação tem início 10h, com o lançamento do livro “Cintilâncias”, de Oliveira Panelas. Haverá ainda mesa de glosas, às 16h, e performance de Pablo Sotero, às 18h. Além das apresentações, uma feira popular estará funcionando na Escadaria Popular, das 9h às 18h durante todo o evento.  Para mais informações, ligue 87 3821.0864.

Proxima