Sete mortes foram registradas durante o São João em BRs de Pernambuco


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Pernambuco divulgou na manhã desta terça-feira (25) o balanço da operação São João 2019. Entre os dias 19 e 24 de junho, foram 78 acidentes nas rodovias federais que cortam o Estado, que deixaram 45 pessoas feridas e sete mortas. A maioria dos acidentes envolveu motocicletas. No ano passado, a operação São João teve dois dias a menos e foram registrados 54 acidentes, com 32 feridos e dois mortos. Enquanto em 2018 foram 13,5 acidentes por dia, neste ano foram 13. A informação é do NE10 Interior.

O acidente mais grave ocorreu na noite do último domingo (23), no quilômetro 54 da BR-316, em Trindade, no Sertão do Estado. Um casal seguia em uma motocicleta quando foi atingido na parte traseira por um veículo não identificado, que fugiu do local do acidente sem prestar socorro. Os dois morreram no local. A PRF informou que um só havia um capacete próximo à motocicleta. Os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina.

Durante a operação, foram fiscalizados 5.097 veículos e 5.348 pessoas; 2.829 autuações foram emitidas por diversas irregularidades. Entre elas, 135 autuações pelo não uso do cinto de segurança, 122 por ultrapassagens em local proibido, 58 pela falta do capacete e 20 pela ausência da cadeirinha para crianças. Foram registradas ainda 1.057 imagens por excesso de velocidade. 

Em seis dias, foram recolhidos 256 veículos, 131 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) e 126 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs). Além disto, foram recolhidos 14 animais que estavam soltos às margens da rodovia. A PRF prestou auxílio a 76 motoristas, com o apoio do Centro de Comando e Controle da Regional (C3R).

Lei Seca

A PRF contou com o apoio de equipes da Operação Lei Seca durante o São João. Foram realizados 2.404 testes com o etilômetro (bafômetro), emitidas 134 autuações e presos sete motoristas sob efeito de álcool. Do total de autuações, 100 foram por recusa em soprar o etilômetro e 34 por constatação.

Prisões

Ao todo, 13 pessoas foram detidas pela prática de diversos crimes, como tráfico de entorpecentes, uso de documento falso e receptação de veículo roubado. No sábado (22), em São Caetano, no Agreste, foi realizada a maior apreensão de drogas de Pernambuco, em uma ação integrada da PRF e do Batalhão Integrado Especializado da Polícia Militar (BIEsp-PM).

Educação

Além das fiscalizações, foram realizadas ações de educação para o trânsito, que alcançaram 1.441 pessoas, através de palestras e abordagens nas rodovias, com o apoio do ônibus do Cinema Rodoviário.

Facebook abre inscrições para mil bolsas de estudo em programação


Teve início nesta segunda-feira (24) as inscrições para se candidatar a mil bolsas de estudos promovidas pelo Facebook Developer Circles e a plataforma de educação online Platzi.

A bolsa é para o curso de 21 semanas sobre treinamento em programação desenvolvimento web, e voltada para quem não tem recursos para acessar educação de qualidade e/ou pertence a grupos minoritários – como populações rurais, grupos indígenas, mulheres, e afrodescendentes.

Os selecionados aprenderão sobre noções de programação, Git e Github, Responsive Design, JavaScript, React.js, Redux, e até a construir uma marca pessoal e trabalhar como freelancer.

Os interessados têm até o dia 21 de julho para se inscreverem. Para tanto, devem ter uma conta no Facebook, preencher o formulário de inscrição neste site e assistir ao vídeo instrutivo. (MundoBit)

Em Carnaíba tem aulas de Capoeira na Praça do Bairro Gitirana


Em Carnaíba, no Sertão do Pajeú, estão sendo realizadas todas as segundas, quartas e sexta-feiras aulas de Capoeira, das 07hs às 09hs da noite, com o Mestre Alisson.

Os interessados devem comparecer no local e praticar, desenvolver a coordenação motora através de exercícios específicos, e também manusear instrumentos, como berimbau e outros.


Mais de 53,5 milhões de pessoas já se vacinaram contra a gripe


Mais de 53,5 milhões de pessoas dos grupos prioritários, entre eles, professores, gestantes, profissionais das forças de segurança de salvamento, crianças e idosos, procuraram os postos de saúde, onde se vacinaram contra a gripe, até essa segunda-feira (24). Também foram vacinadas 5,6 milhões de pessoas que não integram os grupos prioritários. A informação é da Agência Brasil.

De acordo com o Ministério da Saúde, os dados mostram ainda que 18 estados e o Distrito Federal conseguiram vacinar 90% do público-alvo. No total, foram distribuídas 59,5 milhões de doses para todo o país. Os grupos prioritários tiveram entre os dias 10 de abril e 31 de maio para se vacinar com exclusividade.

“Apesar de atingir a meta nacional, nem todos os grupos conseguiram alcançar os 90% de cobertura: crianças (82,8%), gestantes (81,8%), pessoas com comorbidades (86,3%), profissionais das forças de segurança e salvamento (48,5%) e população privada de liberdade (74,8%) ficaram com a vacinação abaixo do ideal. Isso significa que mais de 2,6 milhões de crianças e 3,8 milhões de gestantes deixaram de se vacinar”, informou o ministério.

Atingiram a meta de vacinação os trabalhadores de saúde (90%), puérperas (103,4%), indígenas (95,2%), idosos (98,2%), professores (104,4%) e funcionários do sistema prisional (124,2%).

Quanto à cobertura vacinal nos estados, oito não alcançaram a meta de 90%: Acre (86,7%), Bahia (86%), Rio de Janeiro (86,9%), São Paulo (84,7%), Paraná (86,9%), Santa Catarina (86,8%), Rio Grande do Sul (86,5%) e Mato Grosso do Sul (89,8%).

Policiais Civis de PE protestam nesta terça contra a reforma da Previdência


Da Editoria de Política

Contra a nova proposta da reforma da Previdência, policiais civis de Pernambuco realizam, nesta terça-feira (25), uma manifestação para que o Palácio do Planalto e o Congresso Nacional melhorem o texto que trata da aposentadoria da classe. O ato foi organizado pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sinpol-PE) e iniciou às 9h, em frente à Sede Operacional da Polícia Civil, que fica na Rua da Aurora, área Central do Recife.

Segundo o presidente do Sinpol-PE, Áureo Cisneiros, o evento faz parte de uma agenda de mobilização nacional da União dos Policiais do Brasil (UPB) e acontecerá simultaneamente em todo o Brasil.

Comissão

Para ter uma maior atenção por parte da Câmara Federal, a reforma da Previdência dos militares ganharam no último dia 29, uma Comissão Especial para analisar o assunto. A Comissão, criada pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM), é composta de 34 membros titulares e de igual número de suplentes designados.

O Projeto de Lei 1645/19 estabelece ainda reestruturação salarial da categoria. Os textos foram encaminhados em março pelo governo e preveem um impacto fiscal líquido de pelo menos R$ 10,45 bilhões em dez anos. Até 2022, a exposição de motivos assegura que serão R$ 2,29 bilhões. (JC Online)

Escola Imaculada Conceição em Novo Pernambuco realizará Baú de Leitura e Arraial


Nesta próxima sexta-feira (28/06/19), a Escola Municipal Imaculada Conceição do povoado de Novo Pernambuco, zona rural do município de Carnaíba, realizará a Culminância do Projeto Baú de Leitura e o Arraial a partir das 16hs, no prédio mesmo da unidade de ensino.

De acordo com a gestora Ednalva, serão apresentados trabalhos realizados pelos alunos durante o projeto como: Danças, quadrilhas juninas, desfiles, apresentações, comidas típicas, forró e muita animação. Todos da região estão convidados para se fazerem presentes ao evento.


Juízes federais pedem a exclusão de Moro da Ajufe


O ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, pode ser excluído da Associação dos Juízes Federais por ter atuado de maneira parcial nos processos relacionados à Lava Jato.

Segundo reportagem do jornalista Rubens Valente na Folha, “um grupo de 30 juízes federais de várias partes do país pediu nesta segunda-feira (24) à Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) a suspensão cautelar do ministro Sérgio Moro ‘das atividades associativas, inclusive da participação na Lista Ajufe’, um grupo de discussão dos magistrados por e-mail”.

A reportagem destaca que “os magistrados querem também que a Ajufe apure as circunstâncias das conversas travadas entre Moro e membros da Lava Jato no Ministério Público Federal, segundo revelado pelo site The Intercept Brasil. Se confirmadas, dizem os juízes, Moro deveria perder o título de sócio benemérito da entidade, que já foi aprovado pela diretoria mas ainda não foi oficialmente concedido”.

“Entendemos que as condutas expostas na publicação jornalística, caso confirmadas, são totalmente contrárias aos princípios éticos e às regras jurídicas que devem reger a atuação de um magistrado, pois quando um juiz atua de forma parcial, chegando ao ponto de confundir sua atuação com a do órgão acusador, a credibilidade do Poder Judiciário é posta em xeque”, diz a representação encaminhada pelos juízes federais. Publicação desta terça-feira no Blog do Esmael.

Confira a reportagem completa na Folha de S.Paulo.

Amazon e Alibaba interessadas na privatização dos Correios


As gigantes do comércio eletrônico Amazon (norte-americana) e a chinesa Alibaba, proprietária do AliExpress, acompanham com interesse o desejo do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) de privatizar os Correios.  A estatal é presidida pelo general Floriano Peixoto, que defende a privatização da empresa.

A Amazon e Alibaba miram na enorme estrutura logística que a estatal dispõe, com rotas, serviço postal e agências de distribuição em todo território nacional.

As duas corporações multinacionais  também buscam a parceria de um grande banco nacional para atuar no processo de privatização. Assim, o serviço postal seria aproveitado pelas instituições financeiras enquanto a logística seria de serventia das gigantes internacionais.

Ainda não há previsão para o início do processo de privatização.

*Com informações do jornal O Dia

Pesquisa: número de jovens no ensino médio aumenta em 6 anos


Agência Brasil

O número de jovens de 15 a 17 anos cursando o ensino médio aumentou de 61% em 2012 para 68,7% em 2018. O percentual de jovens nessa faixa etária que frequentam a escola também vem crescendo e chegou a 91,5% em 2018. Os dados estão no Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019, divulgado nesta terça-feira (25) pelo movimento Todos pela Educação em parceira com a Editora Moderna e traz dados organizados de acordo com as metas do Plano Nacional de Educação (PNE).

 “É uma avanço estatisticamente significante, mas um avanço ainda tímido. O modelo que temos acaba fazendo com que adolescentes e jovens saiam da escola e, mesmo os que frequentam a escola, não veem um ambiente atrativo para seguir e encaixar a ideia de escolarização do ensino médio nos seus projetos de vida”, disse o coordenador de projetos do Todos pela Educação, Caio Callegari.

A conclusão do ensino médio na idade adequada ainda é um desafio, como mostram os dados do relatório. Em 2018, apenas 63,6% dos jovens de 19 anos matriculados concluíram o ensino médio. Em 2012, 51,7% dos jovens de 19 anos haviam concluído essa etapa do ensino.

Em Sítio dos Nunes, moradores ganham rua pavimentada/saneada e uma ambulância


Dentro da programação dos festejos juninos do Maior e Melhor São João do Pajeú e da tradicional Festa Religiosa do distrito de Sítio dos Nunes, a administração municipal de Flores entregou na tarde desta sexta-feira (21), 1700 m² de pavimento, com rede de saneamento e água e, mais uma ambulância para os usuários da Unidade de Saúde da Família - USF do mesmo distrito.

O ato foi marcado pela as apresentações de quadrilhas juninas, grupo de bacamarteiros, Banda Marcial Onze de Setembro e depoimentos de moradores.

A entrega do calçamento para os moradores da Rua Joaquim Nunes atende uma demanda antiga da população que sofria com esgoto ao céu aberto, na porta de suas casas; além da poeira e da lama em tempos inverno.

“Eu só tenho que agradecer, em nome de todos os moradores da Rua Joaquim Nunes por esta grande obra tão esperada por todos nós. A gente não aguentava mais morar na lama e no esgoto”. Agradeceu Francisco Pereira.

Para o prefeito Marconi Santana, “uma tarde festiva onde nos confraternizamos e comemoramos estas entregas tão importantes que vão garantir mais saúde, e bem estar social, para os moradores da Rua Joaquim Nunes que conviviam diariamente com a poeira, lama e com a fedentina provocada pelo o esgoto ao céu aberto”.

Estiveram presentes o Presidente da Câmara de vereadores, Luiz Heleno; os vereadores Alberto Ribeiro e Jeane Lucas, Secretários de governo e a primeira dama, Lucila Santana.

Imagens: Júnior Campos 

Um em cada cinco brasileiros usa o celular enquanto dirige


ABr
Dados do Ministério da Saúde revelaram que 19,3% da população das capitais brasileiras usam o celular enquanto dirigem. Isso significa que de cada cinco pessoas, uma afirmou que comete esse ato. A informação é do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) de 2018, divulgada nesta segunda-feira (24). O ministério alertou ainda que os acidentes de trânsito são a segunda maior causa de mortes externas no país.

A pesquisa também mostrou que as pessoas com idades entre 25 e 34 anos (25%) e com maior escolaridade (26,1%), com 12 anos de estudo ou mais, são as que mais assumem esse comportamento de risco. Os motoristas com nível superior também são os que mais recebem multas por excesso de velocidade e que associam o consumo de bebida alcoólica e direção.

O Vigitel é uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde que, desde 2006, monitora diversos fatores de risco e proteção relacionados à saúde, incluindo a temática de trânsito nas capitais dos 26 estados e no Distrito Federal. Nesta edição foram entrevistadas por telefone 52.395 pessoas, maiores de 18 anos, entre fevereiro e dezembro de 2018.

As capitais que apresentaram maior percentual de uso de celular por condutores foram Belém (24%), Rio Branco (23,8%) e Cuiabá (23,7%), seguido por Vitória (23,3%), Fortaleza (23,2%), Palmas (22,4%), Macapá e São Luís (22,3%). Por outro lado, as capitais com menor uso de celular durante a condução de veículo foram: Salvador (14,1%), Rio de Janeiro (17,1%), São Paulo (17,2%) e Manaus (17,7%).

Além do uso do celular associado à direção, a pesquisa abordou também outros três importantes indicadores para a ocorrência de acidentes de trânsito: consumo abusivo de álcool abusivo, consumo de álcool em qualquer dose e multa por excesso de velocidade.

STF mantém julgamento de HC de Lula nesta terça-feira, diz Cármen Lúcia


A ministra do STF Cármen Lúcia, por meio de nota, afirmou nesta noite que o julgamento do habeas corpus (HC) da defesa do ex-presidente Lula está mantido na pauta da Segunda Turma para esta terça-feira (25). A informação é do Blog de Esmael.

Segundo a ministra, “em todas as sessões, é dada preferência e a prioridade aos habeas corpus determinada pelo Ministro Relator ou pelo Ministro Vistor”.

O ministro Edson Fachin é o relator do HC 164.493, que pede suspeição do ex-juiz e atual ministro da Justiça Sergio Moro no caso do tríplex.

Cármen Lúcia esclareceu ainda na nota que “todo processo com paciente preso tem prioridade legal e regimental, especialmente quando já iniciado o julgamento, como nos casos de vista, independente da ordem divulgada.”

Ou seja, vai ter Lula nesta terça.

Nota de esclarecimento

Escolhida para a Presidência da Segunda Turma com exercício somente a partir de 25/06/2019, esclareço que:
1) não incluí nem excluí processos para a sessão de amanhã, sequer tendo assumido, ainda, o exercício da Presidência, nos termos regimentais;
2) em todas as sessões, é dada preferência e a prioridade aos habeas corpus determinada pelo Ministro Relator ou pelo Ministro Vistor;
3) a divulgação da pauta não orienta o chamamento de processos na sessão, seguindo a prioridade dos casos, a presença de advogados ou outro critério legal;
4) todo processo com paciente preso tem prioridade legal e regimental, especialmente quando já iniciado o julgamento, como nos casos de vista, independente da ordem divulgada.

Ministra Cármen Lúcia

Quase 3 mil municípios ainda estão com falta de médicos


O governo Bolsonaro parece ainda não ter encontrado uma solução para preencher as 3.847 vagas deixadas por médicos cubanos no Brasil.

Reportagem da Rede Brasil Atual mostra que seis meses após o governo de Cuba anunciar o fim de sua participação no programa Mais Médicos, em decorrência de falas ameaçadoras de Bolsonaro à presença dos profissionais no país, 28 milhões de brasileiros estão sem assistência médica.

Os dados sobre o desmonte da saúde no país foram expostos pelo The New York Times. Em recente reportagem, o jornal norte-americano mostra que quase 3 mil municípios continuam desassistidos, principalmente as comunidades indígenas e ribeirinhas e as populações das regiões periféricas.

Uma situação que ocorre por conta do descaso com que o governo Bolsonaro trata a saúde pública, segundo avaliação do ex-ministro Arthur Chioro, em entrevista à Rádio Brasil Atual.

“São dirigentes inescrupulosos que fundamentam suas ações por um viés meramente ideológico, sendo incapazes de enfrentar a realidade e admitirem que o programa Mais Médicos poderia inclusive ser aperfeiçoado”, afirma o ex-ministro à repórter Nahama Nunes.

Em fevereiro, o Ministério da Saúde chegou a anunciar que as vagas deixadas com a saída dos cubanos tinham sido preenchidas por médicos brasileiros. No entanto, já em abril, milhares desses profissionais desistiram, muitos sequer compareceram ao trabalho. O governo afirmou que mais que mais de mil municípios, além de 10 Distritos Sanitários Especiais Indígenas, começarão a receber 1.975 médicos, a partir desta segunda-feira (24). Um número ainda abaixo da demanda.

Estudo realizado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) mostra ainda que o Brasil poderá registrar, até 2030, 100 mil mortes consideradas evitáveis devido à paralisação do programa Mais Médicos e do congelamento dos gastos federais na saúde do país com a Emenda Constitucional 95, conhecida como PEC do Teto de Gastos.

“Lamentavelmente nós estamos lidando com um governo, um presidente da República e ministro da Saúde que não têm nenhum compromisso com a vida”, critica Chioro.

As informações são da Rede Brasil Atual

Carnaíba: Crianças fazem blitz da leitura no Sertão, informou o Diário de Pernambuco

Foto: Taua Leandro da Silva/Divulgacao

Toda uma cidade voltada para ref letir sobre a importäncia dos livros. Esta é a proposta da Blitz da Leitura, projeto desenvolvido pelos alunos e professores do Complexo Educacional Governador Miguel Arraes, da rede municipal de ensino em Carnaíba, a 394 quilômetros do Recife. Munidos com uma placa como daquelas de trânsito e com coletes na cor laranja, os pequenos estudantes vão às ruas da cidade e abordam motoristas e pedestres questionando-os sobre a presença da leitura em suas vidas. Os estudantes perguntam, por exemplo, se as pessoas leem e se têm algum título de livro para indicar. Aproveitam e fazem a leitura de um pequeno texto e ainda distribuem mensagens com aquele que “cai” na blitz. A ação acontece geralmente em datas comemorativas e acontece em pontos estratégicos da cidade.

Parada na Blitz da Leitura, a agricultora Risocleide Cordeiro da Silva, 47 anos, elogiou o projeto: “É uma iniciativa maravilhosa. Tenho três filhos e sempre os incentivei a ler. Por ser filha da roça não tive tanta facilidade assim na minha época, mas pude passar esse incentivo aos meus filhos.” A maioria das pessoas abordadas neste dia em que acompanhamos a ação, deram a Bíblia como livro de referência. Alguém citou O Pequeno Príncipe, do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, outro disse gostar de ler as histórias em quadrinho de Maurício de Souza e houve até quem dissesse ter lido um livro sobre o cangaço mas não soube especificar o nome da obra nem autor.

“É uma ação educativa muito boa, um estímulo para as pessoas lerem”, disse o agricultor José Genecy Pereira, 70 anos. O estudante de engenharia civil Gustavo José de Siqueira Morato, 19 anos, também se mostrou encantado com a iniciativa dos alunos do Complexo Educacional Governador Miguel Arraes. “É uma atitude que vem beneficiar a sociedade, conscientizando-a da importância da leitura. É muito bonito. Espero que consigam acrescentar mais conhecimento às pessoas”, ressaltou.

A cabeleireira Michele Santana, 45, e o marido, o comerciante José Santana, 54, fizeram questão de acompanhar de perto o desempenho do filho Kadu Pereira de Santana, de 9 a nos, como um dos “agentes” integrantes da blitz. “Estimulamos no nosso filho aquilo que não tivemos na infância. Acho linda a iniciativa”, destacou Michele. Estudante do quinto ano, Kadu já é um aficionado pela leitura. Recentemente foi com os pais a uma loja de departamentos e com R$ 20 que ganhou de presente de aniversário, correu para a seção de livros e comprou A história do mundo para quem tem pressa, de vários autores. “Ele é fã de história”, contou emocionado o pai José Santana.

Foto: Taua Leandro da Silva/Divulgacao
O Complexo Educacional Governador “mexe” com projetos de leitura desde 2014. O objetivo, como em toda iniciativa do gênero, é estimular entre os alunos o interesse pela leitura, incentivando a prática de uma leitura f luente, crítica e participativa. A escola municipal desenvolve vários projetos na área, cada um mais atraente do que o outro. Tem o Carrossel de Letras, que envolve todos os alunos do primeiro ao quinto ano. O Cardápio de Leitura, que simula um restaurante em um determinado espaço da escola. Os alunos recebem um cardápio com a sugestão de vários títulos de livros que vão poder “consumir”.


O sarau é voltado apenas para os alunos do quinto ano e enfatiza mais o gênero poesia. No piquenique literário, como o próprio nome diz, os alunos de todas as séries fazem uma verdadeira festa no pátio interno, em meio a livros e lanches. Existem ainda outros dois: o balanço literário e a carona da leitura. No primeiro, um balanço é colocado entre árvores, nas quais estão pendurados livros. O estudante vai até lá, escolhe o livro de sua preferência e vai ler no balanço. No carona da leitura, o aluno entra num mini-carro e percorre um determinado espaço como se estivesse numa pista e vai levando o livro e distribuindo-o com seus colegas que estão assistindo a uma espécie de corrida.

Os alunos têm adorado as ações de leitura. “A gente se expressa melhor e aprende com mais facilidade as outras disciplinas”, comenta Ana Alice Alves Quidute, 9 anos. A colega de turma do quarto ano, Ana Tereza Salvador de Medeiros, também de 9 anos, é participante ativa dos projetos. “Com a leitura a gente conhece outros mundos. É maravilhoso”, afirma.

O Complexo Educacional Governador Miguel Arraes tem 592 alunos, divididos nos turnos da manhã e tarde. “A gente cresce, a gente viaja através da leitura. Aqui na nossa escola o professor procura inovar. Esses projetos representam a forma que encontramos de tornar a nossa vida e do nosso aluno mais prazerosa”, pontua a diretora Cleide Alves dos Santos, 42.Desde 2014, o Complexo Educacional desenvolve projetos de leitura, que também estão voltados para a comunidade. 

Afogados da Ingazeira: entrada de vasilhames de vidro será proibida na XV Expoagro

Foto Internet
Em Afogados da Ingazeira, a Prefeitura em parceria com o 23º BPM e o Ministério Público, irá proibir a entrada de recipientes de vidro, assim como sua comercialização, no interior do centro desportivo municipal, onde ocorrerão as festividades da XV Expoagro. A medida visa diminuir os riscos de acidente e garantir a segurança para quem for curtir as atrações da festa.

Haverá uma fiscalização nas entradas e na área interna do centro desportivo. As pessoas que forem ao evento portando coolers ou isopores, terão os mesmos revistados. As bebidas das garrafas de vidro devem ser acondicionadas em garrafas plásticas adquiridas pelo próprio consumidor.

No caso dos barraqueiros, as bebidas deverão ser vendidas em doses. Cerveja só em lata. Caso o cliente queira adquirir o chamado “litro”, a bebida só poderá ser vendida mediante transferência do seu conteúdo para o recipiente plástico, vendido pelo barraqueiro ou levado pelo próprio cliente.

Para facilitar o acesso e não criar filas nas entradas, a entrada de quem estiver portando cooler/isopor será feita pela portaria da Rua Joaquim Nazário, nas imediações da Escola de música. Nesse local, a Prefeitura instalará um posto de coleta dos vasilhames de vidro.

Olhares do passado e do presente integram olhares do "Relatório de Imagens" do multiartista Carlos Vasconcelos


O cotidiano de Recife e Olinda desponta no trabalho "Relatório de Imagens" do multiartista pernambucano Carlos Vasconcelos que apostou em registros especiais de cartões postais turísticos, culturais e sociais das cidades pernambucanas em projetos exclusivos, que enfatizam a riqueza do estado em fotos e documentário. A Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda e o patrimônio arquitetônico pernambucano com destaque para o Teatro Santa Isabel, a Faculdade de Direito do Recife e a Assembleia Legislativa de Pernambuco integram esse novo processo de trabalho do artista, fotógrafo, escultor e diretor de arte e criação. “Saí por ai procurando um bom tema e trabalhando a luz e percebi pela coleta de imagens que tudo que nós temos é muito forte e que essa coleta de foto e vídeo poderia render um projeto diferenciado com várias perspectivas que intitulei de ‘Relatório de Imagens", destaca Carlos Vasconcelos.

Desta forma, algumas peculiaridades desses vários cartões postais entram no foco das ações que mostram novos olhares sobre diversos ambientes, lugares e endereços pernambucanos em um experimento com a tecnologia "dual pixel", focagem automática que permite um foco mais preciso de maneira mais rápida. "O resultado são fotos mais nítidas para realçar a beleza desses lindos e importantes pontos do Recife eOlinda que estou revisitando nesse processo de construção de um novo olhar sobre as cidades e tudo que lhe concretiza, enquanto significação da sociedade e do nosso povo", comenta o multiartista.

Toda efervescência da nossa história, arquitetura, cultura e sociedade são assim focados no projeto que invade as redes trazendo essa perspectiva própria do fotógrafo de algumas emblemáticas referências de Pernambuco. Um exemplo disso, por exemplo, é o registro peculiar da Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda em vídeo de cerca de sete minutos (https://www.youtube.com/watch?v=eueeO5908Ro). Destacando personagens como o Palhaço Chocolate, o Maestro Forró, Bob Marley e Capiba, o documentário reforça como o espaço cultural impacta com sua homenagem a personalidades e faces que criam e são história em nosso país e no mundo. Da mesma forma, reforça como sua opulência pesa numa das mais importantes tradições do estado, que é o Carnaval. "Presente em várias culturas, os nossos bonecos gigantes são grande parte da cultura do carnaval de Olinda e Recife. Por isso, a casa é um espaço importante e que ganha grande ênfase nas ações turísticas com os seus modelos que prestigiam Luiz Gonzaga, Chacrinha, o Maestro Spok, Cinderela e tantas pessoas do passado e do presente da nossa construção social", completa Vasconcelos. 

Em Flores, Prefeitura distribuiu um caminhão de milho pra população


Na véspera da noite de São João em Flores, no Sertão do Pajeú, os moradores da cidade foram contemplados com um caminhão de milho verde - cerca de 15 mil espigas.

A distrbuição teve início às 5h, deste domingo (23) e mesmo antes que a entrega fosse iniciada pelo prefeito do município, uma grande fila se formou no centro da cidade.

"Foi uma satisfação enorme fazer por mais um ano essa entrega e garantir para população, o milho assado, o milho cozido, a pamonha, a canjica, bolo e dentre outras delícias que é feita com o milho", disse o prefeito Marconi Santana.

Animado, o Sr. Luiz Antônio, agricultor e morador do Sítio Riachão disse que, com fé em Deus e esta boa vontade do prefeito vamos ter fartura na mesa".

A programação do Maior e Melhor São João do Pajeú, segue nesta segunda com Festival do Carro de Boi, ãs 14h, e os shows musicais de Assisão e Marcelo Vieira, às 20h.


Moro desiste de audiência na Câmara para explicar mensagens


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, cancelou a sua ida à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados para prestar esclarecimento sobre as mensagens vazadas entre ele e procuradores da operação Lava Jato. A audiência estava marcada para acontecer na próxima terça-feira (26).

Segundo reportagem do jornal O Globo, o ministro limitou-se a comunicar por meio de sua assessoria que não poderia comparecer, sem propor uma nova data para a audiência.

O deputado Paulo Teixeira (PT-SP), integrante da CCJ, disse que vai apresentar um requerimento de convocação do ministro.

“Assim que surgiram as comunicações das conversas dele com Dallagnol, ele logo quis ir para tentar neutralizar. Foi ao Senado e ele mentiu no Senado. Quando ele falou no Senado, achou que tinha feito um importante trabalho. Só que depois que saíram as novas publicações, ele está fugindo desse debate. Então vamos entrar com um requerimento de convocação”, disse o deputado petista.

De acordo com Paulo Teixeira, a ideia é protocolar o requerimento de convocação na segunda-feira (24), em conjunto com outros parlamentares da oposição, e levá-lo à votação na próxima sessão da CCJ, na terça (26).

Com informações do O Globo/Blog do Esmael

Com crise, renda do trabalhador chegou a cair até 16% em cinco anos


Estadão Conteúdo

Os anos de crise, além de terem destruído empregos e levado ao aumento da informalidade, também corroeram o rendimento dos trabalhadores da maioria dos segmentos. A depender da área de atuação, a perda real (já considerada a inflação) superou os 16% nos últimos cinco anos. De nove setores da iniciativa privada analisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cinco tiveram quedas significativas na renda que o trabalhador recebe habitualmente por mês.

Entre o primeiro trimestre de 2014, antes da recessão, e os três primeiros meses deste ano, os trabalhadores de alojamento e alimentação (de hotéis, pousadas, restaurantes ou vendedores de alimentos), da construção e do transporte foram os que tiveram as maiores perdas reais de rendimento, de 7,2% a 16,3%, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) - Contínua, do IBGE, selecionados para o jornal O Estado de S. Paulo pela consultoria LCA.

Entre os trabalhadores da iniciativa privada, apenas os da agricultura tiveram aumento real expressivo do rendimento habitual, de 5,2% durante esse mesmo período. No grupo que inclui quem trabalha no setor público, houve um aumento real ainda maior, de 7,5%.

A queda na renda das famílias e o aumento da informalidade - sobretudo em atividades ligadas aos serviços, como o transporte com aplicativos e a venda de alimentos - e o afundamento do setor de construção civil ajudam a explicar o menor rendimento que esses trabalhadores têm recebido, avalia o economista Cosmo Donato, da LCA.

Por um lado, as famílias têm menos condição de gastar com alimentação fora de casa, transporte e lazer hoje do que gastavam em 2014, diz Donato. "Por outro lado, desempregados da indústria e do comércio recorreram ao transporte e à alimentação para sobreviver, vendendo comida na rua ou se tornando motoristas de aplicativos, por exemplo. A informalidade puxou o rendimento para baixo."

O motorista particular e taxista Wallinson de Melo, de 34 anos, é um dos trabalhadores que sentiram o impacto do aumento da informalidade em seu segmento. "Até 2014, a gente conseguia tirar facilmente até R$ 12 mil por mês. Foi quando realizei o sonho de comprar uma casa para a minha mãe, na Paraíba. Hoje, com sorte, ganho R$ 6 mil. Com o desemprego, as pessoas trocaram o táxi pelo ônibus e a concorrência aumentou, muito engenheiro virou Uber. Aquele tempo não volta."

Desequilíbrio

Muitos que perderam o emprego caíram na informalidade ou conseguiram novas vagas com remuneração mais baixa; quem se manteve empregado, não conseguiu ser promovido, avalia o economista da Universidade de Brasília (UnB) José Luís Oreiro. "O garçom de um restaurante com menos dinheiro no bolso gasta menos no mercadinho. O dono do mercadinho deixa de ir no restaurante. A queda no rendimento habitual gera um efeito negativo, em cascata, na economia."

"A crise ainda se reflete na renda dos trabalhadores. O empresário que tinha planos de expandir, desistiu. Muitos hotéis passaram a desativar momentaneamente alguns andares, em períodos de movimento mais fraco", acrescenta Darly Abreu, diretor do Sinthoresp (sindicato que reúne, entre outros, trabalhadores de hotéis, restaurantes, lanchonetes e bares).

Ele lembra que, além da renda habitual, quem trabalha em restaurantes ganha menos gorjetas do que antes da crise. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Daniel Alves anuncia sua saída do Paris Saint-Germain


AFP/JC Online

O lateral brasileiro Daniel Alves, cujo contrato terminava no próximo dia 30 de junho, anunciou neste domingo (23) nas redes sociais que está deixando o Paris Saint-Germain depois de duas temporadas no clube francês.

"Tudo tem um começo, um meio, um final. E hoje chegou o momento de colocar esse ponto final aqui", escreveu o jogador de 36 anos, em sua conta do Instagram.

"Peço-lhes desculpas se em algum momento não estive a altura, peço-lhes desculpas se em algum momento cometer alguma falha, apenas tentavam dá o meu melhor", acrescentou o veterano lateral-direito da seleção.

Maia rebate Bolsonaro sobre ‘rainha da Inglaterra’

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil 

Após Jair Bolsonaro (PSL) criticar o Congresso Nacional e afirmar que o Legislativo quer transformá-lo na “rainha da Inglaterra”, que reina mas não governa, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), respondeu. “O presidente não perde prerrogativa alguma”, disse ao jornal O Estado de S. Paulo.

A crítica de Bolsonaro foi sobre a aprovação do projeto da Lei Geral das Agências Reguladoras. A proposta prevê que a indicação do presidente para a cúpula dessas instituições deverá ser analisada pelo Senado Federal.

Ao jornal, Maia afirmou que a proposta “não tira nenhum poder do presidente e não delega nada novo ao Parlamento”.

O projeto de lei aprovado seguiu para sanção de Bolsonaro no início do mês. O texto diz que:

A indicação de conselheiros, diretores, presidentes, diretores-presidentes e diretores gerais para as agências reguladoras deverá ser submetida ao Senado

Antes da escolha, deverá haver um processo público de pré-seleção de lista-tríplice

A lista tríplice deverá ser formulada em até 120 dias antes do cargo ficar vago por término de mandato ou pelo menos 60 dias nos outros casos, por uma comissão de seleção

Deverão ser levados em consideração na elabotação da lista tríplice fatores como o currículo do candidato e o resultado da sua entrevista

Após receber a lista tríplice, o presidente terá até 60 dias para fazer a indicação

Se a indicação for rejeitada pelo Senado, o presidente tem mais 60 dias, independentemente da formulação de uma lista tríplice

Bolsonaro questionou o modelo. “Se isso aí se transformar em lei, todas as agências serão indicadas por parlamentares. Imagina qual o critério que vão adotar. Acho que eu não preciso complementar”, afirmou. A informação ta no Blog de Jamildo deste domingo.

São João em Flores está ao vivo, assista.


Solidão vivenciou mais um Solijoão com grandes atrações e praça lotada


O município de Solidão, localizado no Sertão do Alto Pajeú, interior de Pernambuco, vivenciou mais uma edição do Solijoão com atrações que não deixou ninguém parado, e a Praça Padre Carlos Cottart ficou lotada na noite desta sexta-feira (21/06/19).

Após as apresentações da Assistência Social, o palco montado no centro da cidade recebeu três atrações que fizeram o público dançar e se divertir, e como já é de praxe, o chefe do executivo Djalma Alves estava presente com sua esposa e primeira Dama, Irene Espinhara, assim como também, outras autoridades se fizeram presentes a exemplo dos secretários do governo municipal: Antônio Correia, Maurício Batista, Damiana Souza, Murilo Amorim, Claudeci Paulino e Silvia Almeida. Mônica Silva tesoureira e demais integrantes que fazem o Governo Juntos Somos Fortes também marcaram presença. Vereadores como Adriana de Lima, Jacinete Riqueta, Genivaldo Barros abrilhantaram com suas presenças mais uma festa no local.


A exemplo de outras edições, o Solijoão deste ano foi um sucesso, desde a ornamentação organizada pela equipe da Secretaria de Cultura, e que tem à frente da pasta o talentoso Antônio Correia (Secretário), quanto o público que compareceu de diversos lugares como: Afogados da Ingazeira, Tabira, Carnaíba e outras cidades de Pernambuco. O Estado da Paraíba também se fez presente por meio das cidades de Água Branca, Tavares, Princesa e outras.


A primeira atração foi o carnaibano Neno do Acordeom, que levou ao público músicas forrozeiras como sucessos das antigas. Um outro diferencial do artista, são as coreografias que ele realiza em cima do palco com sua sanfona, ao mesmo tempo em que toca o instrumento, dança e se remexe muito prendendo a atenção das pessoas.


Logo depois, foi a vez do artista Cezinha Atrevido e a Banda Feitiço de Menina da cidade de Cacimbas da Paraíba. De volta a Solidão, a exemplo das outras vezes, a banda fez o público dançar e se divertir com um repertório que envolveu forró estilizado e sucessos de ontem, por sua vez, o cantor Cezinha passou uma energia positiva e muita alegria com sua irreverência no palco.

O encerramento ficou por conta da banda cearense Aquarius, que tocou grandes sucessos de sua trajetória em repertório recheado de músicas de qualidade, muito forró das antigas que fez o público se apaixonar e retornar no tempo. Aquarius conta também com grandes profissionais e realizaram um grande show em solo solidanense.

O Solijoão foi uma realização da Secretaria de Cultura, com o apoio da Prefeitura Municipal de Solidão, EMPETUR, Governo de Pernambuco.


Reforma da Previdência: discussões seguem em meio a semana de São João


O avanço nas discussões sobre a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados alimenta as esperanças do governo de uma votação em breve na comissão especial criada para debater o tema. As chances de que isso aconteça ainda esta semana, no entanto, são pequenas – em dois dias de discussão na semana passada, 75 deputados foram ouvidos. Ainda faltam 80.

O presidente Jair Bolsonaro já tirou a pressão do Congresso Nacional e disse não ver problema caso a votação do relatório na comissão especial demore mais uma semana para ocorrer. Além das discussões, que devem continuar ao longo dos próximos dias, festas de São João realizadas em diversos estados podem enfraquecer o quórum e dificultar a votação.

“Minha experiência de Parlamento: em festa junina, geralmente, o parlamentar fica no seu estado. É quase uma festa religiosa isso daí. Se atrasar mais uma semana, não tem problema não. Toca o barco”, disse Bolsonaro na última sexta-feira (21), após almoço no Ministério da Defesa.

Entenda

Os deputados debatem o relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) desde a última terça-feira (18). A próxima reunião do colegiado está marcada para a próxima terça-feira (25) e a tendência é que uma nova reunião seja marcada para o dia seguinte. O presidente da comissão, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), disse que há possibilidade de que a votação comece no mesmo dia em que for encerrada a discussão.

Acordo

Os deputados governistas fizeram um acordo com a oposição: todos que quisessem falar teriam tempo para fazê-lo e, em troca, a oposição não obstruiria a sessão. Após o fim dos debates, o relatório de Moreira será votado na comissão. Em seguida, o texto será apreciado no plenário da Câmara e precisará de uma aprovação de 3/5 dos deputados. Caso aprovada, a proposta segue para apreciação dos senadores.

Alterações

Samuel Moreira fez diversas mudanças em relação à proposta original enviada pela equipe econômica do governo no fim de fevereiro. Dentre elas, retirou o sistema de capitalização da reforma, que determinava que cada trabalhador contribua para a própria aposentadoria. É possível que o governo insista no quesito posteriormente, apresentando uma nova Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

Além disso, Moreira manteve a idade mínima de 62 anos para mulheres e de 65 anos para homens após o período de transição, mas alterou o tempo mínimo de contribuição para as mulheres, retornando para os 15 anos vigentes atualmente. O tempo mínimo de contribuição dos homens permanece conforme proposto pelo governo: 20 anos.

As alterações reduziriam a economia com a reforma para R$ 913,4 bilhões até 2029. No entanto, o relator decidiu propor a transferência de 40% de recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para a Previdência Social e aumentar tributos sobre os bancos, o que reforçaria as receitas em R$ 217 bilhões, resultando numa economia final de R$ 1,13 trilhão, próximo do montante inicial de R$ 1,23 trilhão estipulado pela área econômica do governo. Agência Brasil/Radio Jornal

Bolsa Família: frequência escolar deve ser enviada até quinta-feira


Agência Brasil

Secretarias municipais de educação de todo o país devem enviar o registro de frequência escolar de beneficiários do Programa Bolsa Família ao Ministério da Educação até a próxima quinta-feira (27). As informações são referentes aos meses de abril e maio deste ano.

O benefício do programa está condicionado à presença mínima mensal de 85% nas aulas para alunos de 6 a 15 anos e de 75% para jovens entre 16 e 17 anos.

“Pedimos que os registros sejam feitos ao longo do período para que o sistema não fique sobrecarregado na última hora e gere dificuldades”, alerta a coordenadora geral de Acompanhamento da Inclusão Social da Secretaria de Modalidades Especializadas de Educação, Simone Medeiros.

Segundo ela, o acompanhamento é feito cinco vezes ao ano. No primeiro período de 2019, de fevereiro a março, o percentual de cumprimento de frequência do público acompanhado foi de 95,16%. “Esse levantamento é uma importante referência para a formulação de políticas públicas de fomento à permanência e à progressão escolar”.

O esforço conjunto do governo federal, das administrações estaduais e das prefeituras envolve uma rede de aproximadamente 56 mil profissionais de educação, mobilizados ao longo de cinco períodos bimestrais em mais de 140 mil escolas.

Levantamento

A partir do levantamento, também são identificados os motivos que levaram à baixa frequência escolar dos alunos. As informações são consideradas ferramenta fundamental para o desenvolvimento de ações de combate ao abandono e à evasão escolar. Os dados são mantidos no Cadastro Único, que permite a identificação dos estudantes, o monitoramento de sua frequência e o recebimento do benefício do Programa Bolsa Família.

Proxima