Entrega de computadores afirmam o compromisso das ações da Regularização Fundiária no Pajeú e no Agreste Meridional


O presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe), Altair Correia, entregou entre os últimos dias 12 e 14, o total de quatro computadores às equipes das Unidades Regionais do órgão (UR). Desses, dois foram destinados à UR de Afogados da Ingazeira, responsável pelas ações de Regularização dos imóveis rurais no Sertão do Pajeú; um à UR Garanhuns, que atua nas ações do Agreste Meridional, e outro entregue à UR de Serra Talhada, que apoia a execução do trabalho em ambas as regiões de desenvolvimento.

“Os computadores foram adquiridos através do Convênio 851671, firmado entre o Iterpe e a União em 2017, visando avançar o trabalho que tem por objetivo ampliar as ações Fundiárias no Sertão do Pajeú e Agreste Meridional. Nossa meta é estruturar as equipes das URs para fiscalizar o trabalho das empresas contratadas para executar as medições”, cravou Correia. 

Atualmente, as empresas contratadas estão realizando a medição e o cadastramento dos imóveis rurais, etapa necessária para a identificação de posseiros habilitados a receberem o trabalho de georreferenciamento e posterior titulação da propriedade devidamente registrada em cartório.

Através do convênio firmado, o Governo de Pernambuco estima promover a segurança jurídica da posse da terra de cerca de 3,5 mil famílias rurais que vivem em áreas devolutas do Estado.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial