Carnaval do Recife e Olinda: mais de 2.200 documentos e objetos perdidos estão à espera dos donos


Mais de 2.200 itens perdidos no carnaval estão à espera dos donos no Recife e em Olinda. Durante o período de folia, as duas cidades contaram com setores para recolhimento de documentos e outros objetos, que foram higienizados e catalogados. Tem de tudo um pouco: de carteiras de identidade a chaves, passando por passaportes, óculos e celulares e dinheiro. 

No Recife, os objetos e documentos perdidos estão guardados na Secretaria de Turismo, que fica no 7º andar do prédio da administração municipal, no Cais do Apolo. O serviço funciona a partir de quinta-feira (7), das 8h às 18h.

Em Olinda, o serviço de devolução é disponibilizado nesta quarta-feira (6), até as 18h. Durante dois meses, as pessoas podem procurar a Secretaria de Segurança Cidadã, das 8h às 17h. A secretaria fica na Avenida Santos Dumont, número 117, no Varadouro.

No Recife, segundo a prefeitura, foram realizados 129 atendimentos de pessoas que levaram documentos achados nas ruas ou foram até a central do carnaval em busca de objetos perdidos.

A administração municipal contabilizou 92 itens extraviados, sobretudo, documentos. Entre eles, estão à espera dos donos carteiras de identidade e de habilitação, além de chaves.

Desse total, oito documentos foram devolvidos ainda durante o carnaval. Para encontrar as pessoas prejudicadas, a equipe da secretaria usou as redes sociais para fazer o contato. Os objetos ficam na secretaria até o fim de março. Depois, são enviados para os Correios. (G1)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial