Ações para as Unidades de Referência do Dom Hélder são intensificadas em Serra Talhada


Técnicos do escritório do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), em Serra Talhada, realizaram visita técnica a propriedade rural dos agricultores de Nicomedes e Dona Lucia de Fatima, no Sitio Joazeirinho, na quarta-feira (12). Participaram o supervisor regional de Extensão Rural, Tito Ferraz, e os extensionistas Adriano, Américo e Antônio Pereira. A informação é do Núcleo do Ipa.

 O imóvel está entre os selecionados como Unidade de Referência, entre os 196 que recebem assistência técnica pro meio do Projeto Dom Hélder. A visita teve como objetivo prestar orientações acerca do cultivo de hortaliças, principal atividade explorada, trabalhar a conservação do solo, noções de adubação, confecção de canteiros e o manejo do equipamento de irrigação. Na ocasião, além do georeferenciamento da área, também foi realizado um levantamento das necessidades de modernização e ampliação do equipamento de irrigação e a aquisição de alguns componentes a exemplo de micro aspersores, tubulações, mangueiras e alguns anéis de borracha para evitar vazamentos e desperdício de água e consequentemente diminuir custos.

A família já possui sistema de bombeamento com capacidade para atender as necessidades atuais e a ampliação. Para viabilizar a instalação, os técnicos já estão levantando os custos e preparando um proposta simples para viabilizar a atividade e consolidar o imóvel de fato como referência, sendo exemplo a ser seguido por outras famílias do município. Também será detectada a necessidade de realizar a análise do solo das áreas que estão e que serão cultivadas para proporcionar uma nutrição mais eficiente e aliado a práticas como utilização plantas repelentes, cordões de proteção e utilização de sementes certificadas, prevenir o aparecimento de doenças e imprimir maior rentabilidade. As atividades já são conduzidas, praticamente, sem a utilização de agrotóxico e a ideia é consolidar essa posição trabalhando as boas práticas de cultivo e de produção sustentável.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial