UFPE é classificada como melhor universidade do NE, aponta Ranking da Folha


Levantamento do Ranking Universitário da Folha (RUF) 2019 apontou que a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) está na décima posição do país entre 197 universidades brasileiras públicas e privadas avaliadas pelo ranking classificatório. Com a nota 89,77, a UFPE também foi considerada a melhor universidade do Nordeste. No caso da UFPE, o destaque é o indicador de Mercado, que aumentou a sua nota passando da 9ª posição em 2018 para a 7ª posição em 2019. Nos demais indicadores, a Universidade ficou na 12ª em Ensino, na 13ª posição em Inovação, na 17ª posição em Pesquisa e na 23ª posição em Internacionalização.

Os primeiros lugares ficaram com a USP (98,02), Unicamp (97,09), UFRJ (97,00), UFMG (96,72) e UFRGS (95,68). O Ranking Universitário Folha é uma avaliação anual do ensino superior do Brasil feita pelo jornal Folha de S. Paulo desde 2012. Na edição de 2019, há dois produtos principais: o ranking de universidades e os rankings de cursos.

No ranking de cursos é possível encontrar a avaliação de cada um dos 40 cursos de graduação com mais ingressantes no Brasil. Em cada classificação, são considerados os cursos oferecidos por universidades, por centros universitários e por faculdades. O curso de direito, especificamente, tem uma avaliação específica que leva em conta também aprovação na OAB.  

O reitor Anísio Brasileiro, que deixa a instituição no dia 12 deste mês, comemorou o resultado, mas destacou o bloqueio de recursos das universidades federais pelo Ministério da Educação. Ele alertou que existe o risco de sucateamento. “Nós não pudemos lançar os editais de graduação e pós-graduação para manutenção de equipamentos utilizados em pesquisas estratégicas. Isso é grave”, explicou. Ele ressaltou que, mesmo com os cortes, a Universidade se manteve bem avaliada em razão do reposicionamento de gestão diante do quadro financeiro e da qualidade dos seus profissionais.

Para todas as carreiras avaliadas, exceto para o curso de Direito, os indicadores são os mesmos e com o mesmo peso mas, para o curso de Direito, tem uma mudança nos pesos para incluir o indicador de percentual de aprovação no exame da OAB.

O RUF avalia os 40 cursos ofertados no Brasil com maior quantidade de ingressantes. No caso da UFPE, foram avaliados 31 cursos. Para os cursos que ofertam licenciatura e bacharelado o conceito é o mesmo. Alguns cursos são agrupados com a mesma denominação pelo RUF, como é o caso, por exemplo, de Ciência da Computação que, na UFPE, agrega os cursos de Ciência da Computação, Engenharia da Computação e Sistemas de Informação.

Dos 31 cursos avaliados, 14 figuram na posição Top 10 no Brasil, com um destaque das melhores posições para os cursos de Turismo (3ª melhor do Brasil), Serviço Social (4ª), Ciência/Sistemas de Informação/Engenharia da Computação (5ª), Biomedicina (6ª) e Direito (7ª). Com informações da Folha de S. Paulo.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial