Funcionários ocupam Casa da Moeda contra privatização


Funcionários ocupam desde a tarde desta sexta-feira (10) a sede da Casa da Moeda, no Rio de Janeiro. Eles protestam contra a retirada de direitos e o plano do governo Bolsonaro de privatização da empresa. Segundo relatos dos ocupantes, havia 800 pessoas no prédio da estatal na noite de ontem.

A empresa tem aproximadamente 2 mil funcionários, e 137 pessoas aderiram aos dois planos de demissão voluntária lançados em 2019. A Casa da Moeda foi incluída pleo governo Bolsonaro, em 2019, no Plano Nacional de Desestatização, o que obriga, na prática, seus gestores a fazerem cortes e ajustes para preparar a empresa para a venda.

Em entrevista à revista Expressão, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Casa da Moeda do Brasil, Aluizio Junior, falava sobre a narrativa do governo de que a privatização é necessária em função do prejuízo da empresa.

“Em 2017, o governo descontinuou o serviço de Sicobe, que controlava a produção dos envasadores de bebidas frias como a Coca-Cola, Ambev, Itaipava e Petrópolis, que representavam, naquele ano, 60% do faturamento bruto da Casa da Moeda. Então, o governo retira R$ 1,4 bilhão do faturamento da Casa da Moeda, fazendo com que no primeiro ano depois de 320 anos de existência da empresa, que a Casa da Moeda desse um prejuízo fabricado pelo próprio governo”, conta.

O movimento recebeu manifestações em solidariedade à ocupação nas redes sociais. “Todo apoio à luta dos moedeiros que ocupam a Casa da Moeda em um protesto contra a privatização, que já dura mais de seis horas. Há relatos de que a diretoria da estatal chamou a polícia, mas os trabalhadores permanecem no local”, disse, em postagem no Twitter, a Federação Única dos Petroleiros (FUP), às 22h23 desta sexta-feira.

“Todo o apoio aos trabalhadores da Casa da Moeda, que se mobilizam para impedir uma privatização que não faz qualquer sentido! Bolsonaro e Paulo Guedes fazem muito mal ao Brasil para sati$fazer os amigos milicianos e da máfia financeira internacional. #PrivatizarFazMalAoBrasil”, postou o deputado federal e líder do PT na Câmara dos Deputados Paulo Pimenta (RS).

Por RBA.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial