Mais 300 animais ganham a liberdade na primeira semana de 2020


Trezentos e trinta e sete animais silvestres, entre aves e mamíferos, reabilitados no Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), órgão da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), foram reintroduzidos na natureza em duas ações de solturas, realizadas nas primeiras semanas de 2020. No terceiro dia do ano, 71 animais foram soltos no Refúgio de Vida Silvestre Matas do Sistema Gurjaú (RVS Gurjaú), unidade de conservação de proteção integral administrada pela CPRH, situada no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife.

Nesta ação, ganharam a liberdade uma preguiça, dois timbus de orelha branca, 50 canários da terra, um papa-arroz, cinco papa-capins, um sanhaçu-cinzento, três sibitos, dois sabiás-laranjeira, um sanhaçu-de-coqueiro, um saíra-beija-flor e quatro gaviões-carijó.

A segunda ação ocorreu na última quarta-feira, dia 8, no município de Serrita, Sertão Central. Nesta etapa, 266 pássaros típicos do Sertão ganharam a liberdade, após passaram um período tratamento e readaptação no qual receberam cuidados de biólogos e veterinários.

As aves foram devolvidas á natureza em uma área de mata localizada no município de Serrita, Sertão Central. Segundo o biólogo e coordenador do Cetas Tangara, Yuri Marinho Valença, a maioria desses pássaros foi resgatada em operações de combate ao tráfico de animais silvestre. “Além disso, também temos os animais que chegou à CPRH por meio da entrega voluntária, que vem crescendo por conta das campanhas desenvolvidas pela equipe da Unidade de Educação Ambiental, como o Fauna Livre”, explica.

Entre os pássaros que ganharam a liberdade estão uma rolinha cascavel; 57 papa-capins; 48 patativas; 66 galos de campina; seis tizius; seis sanhaçus-cinzento e um sanhaçus-de-coqueiro; 23 canários da terra; um encontro de prata; um caboclinho, 12 cravinas, dois sabiás laranjeira, um tico-tico; cinco cancões, 27 azulões e nove concrizes.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial
Blog do Ivonaldo Filho - Todos os Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.