NBA: Kobe Bryant morre em acidente de helicóptero



Do UOL, em São Paulo

Kobe Bryant morreu hoje (26) em um acidente de helicóptero em Calabasas, cidade da região metropolitana de Los Angeles, nos Estados Unidos. A lenda do basquete estava com outras quatro pessoas no helicóptero, que ainda não foram identificadas. Segundo informe da cidade em que ocorreu a queda, não houve sobreviventes.

O helicóptero caiu em uma área descampada, por volta das 10 horas do horário local (16h de Brasília). Segundo a polícia do condado de Los Angeles, o acidente foi seguido de um foco de incêndio que precisou ser controlado pelos Bombeiros. Não houve vítimas no solo. A causa do acidente ainda é incerta.

Vinte temporadas na NBA, com 18 presenças no All-Star, cinco títulos da NBA, dois prêmios de MVP das finais e MVP da temporada de 2008. Os maiores feitos de Kobe Bryant são números impressionantes, mas mesmo assim não ficam à altura do que ele fez durante os 41 anos de vida.

Fã de Magic Johnson, Michael Jordan e Oscar Schmidt, Kobe primeiro viveu as comparações com o próprio pai. Joe Bryant jogou oito anos na NBA, entre os anos 1970 e 80, e foi seguir carreira na Itália. Lá, o filho teve contato íntimo com o futebol, tornou-se fluente em italiano e desenvolveu sólidos fundamentos táticos de basquete, o que seria um diferencial importante naquela geração de atletas norte-americanos.

Kobe voltou aos EUA em 1992, magro e alto, para vestir o número 32 do ídolo Magic Johnson na escola de Lower Merion, na Filadélfia. Ali, no entanto, encontrou dificuldades e jogou poucos minutos nas primeiras temporadas. Foi apenas após quatro anos de trabalho duro que ele se tornou estrela do colégio. Neste momento, quando o nomal seria defender alguma das faculdades de renome que tinham feito proposta, o garoto de 17 anos resolveu ir direto para a NBA.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial