Governo de Pernambuco conclui licitação para implantação de 170 sistemas de dessalinização no Semiárido do estado


O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, concluiu o processo de licitação do Programa Água Doce (PAD), ação executada pelo Estado em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Regional. O resultado da concorrência foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (15).

Com investimento total de R$ 33,4 milhões, o Programa Água Doce prevê a instalação de 170 sistemas de dessalinização em poços de água salobra, beneficiando cerca de 60 mil pessoas em 21 municípios do Semiárido pernambucano, que após a conclusão das obras passarão a contar com água de qualidade para o consumo.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto, a ideia é começar a tocar a instalação dos dessalinizadores tão logo sejam vencidas as últimas etapas burocráticas, como assinatura do contrato com as empresas vencedoras da licitação. “Felizmente estamos tendo um ano bom de chuvas em 2020, mas precisamos nos preparar do ponto de vista de infraestrutura hídrica para caso tenhamos que enfrentar um novo período de estiagem. Por isso a ideia é começar o quanto antes, desde que respeitadas as medidas de distanciamento social e as ações de prevenção à Covid-19”, destacou.

A instalação dos sistemas foi dividida em três lotes, que serão tocados de maneira simultânea, contemplando os municípios de Águas Belas, Iati, Manari, Paranatama e Venturosa (Lote 1); Alagoinha, Caetés, Capoeiras, Cumaru, Frei Miguelinho, Jataúba, Riacho das Almas, Salgadinho, Sanharó, Santa Maria do Cambucá e Vertente do Lério (Lote 2); e Afrânio, Dormentes, Santa Cruz e Trindade (Lote 3). A previsão para conclusão das obras é de 12 a 24 meses, de acordo com o cronograma de execução dos serviços. Após a instalação dos sistemas, o programa prevê também a manutenção básica durante 12 meses, período em que as comunidades devem ser capacitadas para assumir a manutenção dos equipamentos.

O Programa Água Doce integra um conjunto de ações com foco na melhoria da infraestrutura hídrica no Agreste e Sertão do estado. Em 2019, foram entregues 2.944 cisternas de 16 mil e 52 mil litros e, no último dia 5 de março, foi assinada a ordem de serviço do Programa de Integração do Rio São Francisco (Pisf), que vai beneficiar 12 mil pessoas residentes em comunidades localizadas a até cinco quilômetros dos canais Norte e Leste da Transposição do São Francisco.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial
Blog do Ivonaldo Filho - Todos os Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.