Moradores de rua morrem após distribuição de alimentos contaminados em SP


Duas pessoas em situação de rua morreram na madrugada de hoje em Itapevi, município da Grande São Paulo, após receberem alimentos contaminados de um homem não identificado. Um cachorro também veio a óbito após ingerir a comida.

Além deles, dois menores de idade (uma menina de 17 anos e um menino de 11) estão internados pelo mesmo motivo. O pai do menino passava pelo local, aceitou o alimento e levou a comida para casa. O menino está no Hospital Geral de Pirajussara, e a adolescente, no Pronto-Socorro Central de Itapevi.

Segundo comunicado da prefeitura, as duas pessoas que morreram chegaram, anteriormente, a ser abordadas por assistentes sociais para se mudarem para um abrigo, mas recusaram — o município está usando o Ginásio do CIE (Centro de Iniciação ao Esporte) com esta finalidade durante a pandemia.

O prefeito de Itapevi, Igor Soares, afirmou em seu Facebook que a cidade não pode obrigar todos os moradores em situações precárias a se mudarem para o abrigo e se mostrou indignado com a situação.

"Além destes, uma criança e uma adolescente, que moram em residência com a família, tiveram acesso à refeição, passaram mal e estão internadas. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que buscará todos envolvidos", disse. A Polícia recebeu informações de guardas municipais, assistentes sociais e profissionais da Secretaria de Segurança do município na apuração. Veja matéria na íntegra aqui no Portal UOL, em São Paulo

Comentários

Anterior Proxima Página inicial
Blog do Ivonaldo Filho - Todos os Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.