segunda-feira, 16 de março de 2020

‘Não se mostra apoio ao governo colocando em risco a população’, diz Caiado a manifestantes


Um dos governadores mais próximos ao presidente Jair Bolsonaro, Ronaldo Caiado (DEM), de Goiás, fez um apelo à população de Goiânia durante as manifestações deste domingo para não se aglomerarem na Praça Cívica para evitar a proliferação do novo coronavírus. Imagens que circulam nas redes sociais mostram o governador ordenando a retirada de carro de som do local. O pedido foi mal recebido pelos manifestantes, e Caiado saiu do evento sob vaias.

— Vocês vão estar chorando na porta do palácio, este que é um absurdo. O que vocês precisam de ter é seriedade. Não se mostra apoio ao governo colocando em rico a sua população — afirmou o governador.

Em vídeo  publicado em redes sociais, Caiado aparece com um microfone nas mãos, pedindo atenção dos ativistas para dizer que enfrentou a “esquerda no Brasil”, e afirmando ser um dos poucos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Em seguida, ele pede que as pessoas sejam responsáveis e não se aglomerem.

— Vocês têm de entender uma coisa só. Antes de ser governador de estado, eu sou médico. E vocês precisam entender, a menos que vocês não estejam olhando para o mundo, o que está ocorrendo. Vocês precisam ter responsabilidade e não fazer com que aglomerações provoquem a disseminaçaõ do vírus do coronavírus — afirmou.

Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário