quinta-feira, 18 de junho de 2020

Partidos de centro pressionam Maia pela abertura do impeachment de Bolsonaro

Seis partidos políticos –PSB, PDT, PV, REDE, Cidadania e PCdoB– lançam o ‘Movimento Impeachment Já!’ do presidente Jair Bolsonaro, na segunda edição do evento virtual Janelas Pela Democracia, nesta quinta-feira, 18. Os movimentos Juntos e Somos 70% também aderiam ao movimento.

O PT, principal partido de oposição, não participa dessa frente centrista cujos principais expoentes são o ex-governador Ciro Gomes (PDT) e o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Os partidos querem pressionar, democraticamente, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM RJ), a abrir o processo de impeachment, requisitado por mais de 30 pedidos de afastamento do presidente da República. Respeitando o necessário isolamento para enfrentar o covid-19, o evento será virtual, via internet.

‘Movimento Impeachment Já!’ entende que o país encara três grandes crises simultâneas:

1. sanitária, causada pela pandemia do coronavírus;

2. gravíssima recessão econômica; e

3. político-institucional.

Para os partidos centristas, a crise político-institucional instalada pelo presidente da República, apesar de eleito democraticamente, busca destruir as instituições para governar de forma ditatorial; e não apresenta capacitação para desempenhar as funções pertinentes ao cargo nem para enfrentar as crises sanitária e econômica. (Blog do Esmael)

Nenhum comentário:

Postar um comentário