quinta-feira, 20 de agosto de 2020

Obama aponta Trump como ameaça à democracia e pede confiança em Biden

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama fez discurso nesta 4ª feira (19.ago.2020) durante o 3º dia de convenção democrata.

Em cerca de 20 minutos, com momentos em que chegou a se mostrar emocionado, Obama falou ao vivo, diferentemente de outros oradores que haviam gravado seus discursos devido ao modelo de evento quase 100% digital adotado pelos democratas por causa da pandemia.

Obama discursou do Museu da Revolução Norte-Americana, na Filadélfia. Ao fundo dele havia uma mensagem da Constituição dos EUA, o que conversou diretamente com o tom predominante do discurso do ex-presidente: a defesa da democracia e dos valores norte-americanos.

Obama criticou o atual presidente e candidato à reeleição, Donald Trump, por sua incapacidade de diálogo e por supostamente apreciar ditaduras. “Por quase 4 anos, ele não demonstrou nenhum interesse em trabalhar, em buscar consenso“.

“<em>Donald Trump não desempenhou bem o seu trabalho. Porque ele não consegue. E as consequências de seu fracasso são muitas</em>”, continuou, citando mortes por covid-19 nos EUA e o aumento do desemprego. A informação está no Poder360.

Assista a trecho do discurso de Obama com críticas a Trump (em inglês):

Nenhum comentário:

Postar um comentário