segunda-feira, 2 de novembro de 2020

No Interior, Governador anuncia investimentos, visita obras de novas indústrias e entrega acesso viário

As políticas de interiorização do desenvolvimento do Governo de Pernambuco seguem avançando e apresentando resultados concretos. Nesta sexta-feira (30.10), o Governador de Pernambuco, Paulo Câmara, cumpriu agenda estratégica nos municípios de Glória do Goitá, na Mata Norte; Pombos, na Mata Sul; e Limoeiro, no Agreste, onde anunciou investimentos industriais, entregou obras de infraestrutura e visitou obras de novos empreendimentos em fase de implantação. Os aportes das empresas visitadas somam R$ 128 milhões, com perspectiva de gerar 477 novos postos de trabalho. 

“Tivemos a oportunidade de visitar um novo acesso e um novo Distrito industrial de Limoeiro. Fábricas já estão se instalando com investimentos da AD Diper e do Governo de Pernambuco. Aproveitamos também para visitar instalações em Glória de Goitá, fábricas já prontas que estão em expansão e uma nova fábrica que está sendo levantada, em Pombos, que vai garantir a geração de emprego e renda. É, acima de tudo, Pernambuco ajudando o Brasil e o Nordeste a voltarem a crescer, a se desenvolverem, a gerar emprego diante de um período tão difícil que nós passamos”, ressaltou Paulo Câmara.

A primeira agenda do dia aconteceu em Limoeiro, na Mata Norte, onde o governador inaugurou a infraestrutura de acesso viário ao polo empresarial do município e anunciou a instalação da nova sede da Lapon Indústria Farmacêutica. Os investimentos públicos em Limoeiro chegam a R$ 7,1 milhões, e foram realizados por meio da AD Diper, estatal vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (Sdec). O orçamento foi executado na compra do terreno de 32,2 hectares para receber o polo empresarial (R$ 3,1 milhões) e nas obras da infraestrutura viária, com cerca de 1,5 km de extensão (R$ 4 milhões), que incluiu terraplenagem, pavimentação, drenagem, proteção vegetal, sinalização, passeios e ciclovias em ambos os lados da faixa de rolamento.

A partir de agora, as empresas poderão iniciar a construção de suas plantas no local. A Lapon Indústria Farmacêutica investirá R$ 52 milhões na construção da nova fábrica e modernização da linha de produção, com estimativa de criar 155 empregos. É uma empresa pernambucana, com mais de 30 anos de história, e a primeira farmacêutica do Nordeste a obter certificação ISO 9001:2008 e o selo Boas Práticas de Fabricação, além de prêmios concedidos pelo SESI, SENAI, FIESP e SEBRAE. A nova planta terá uma área de cinco hectares com obras previstas para começar no segundo semestre de 2021. A unidade produz 120 tipos de medicamentos, dos quais 40 estão em linha de produção atualmente, atendendo grandes redes farmacêuticas do Nordeste e Sudeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário