terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Pernambuco inaugura novos leitos, mas segue com ocupação em UTI acima de 80% em casos de Srag

O Governo de Pernambuco inaugurou novos 151 leitos para casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), suspeitos ou confirmados para a Covid-19. Mesmo com o aumento do número de leitos, a ocupação em UTI no Estado ainda se mantém acima de 80%. Passou de 88% na semana passada para 83% nesta segunda-feira (14). Foi o que informou a Folha de Pernambuco.

Dos leitos inaugurados, são 50 leitos de UTI e 101 leitos de enfermaria. Eles foram ativados entre esse final de semana e esta segunda, na região do Sertão do São Francisco (10 leitos de UTI e 30 de enfermaria na UPAE de Petrolina), no Agreste Central ( 10 leitos de UTI no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru), no Sertão do Pajeú (10 vagas de UTI no Hospital Eduardo Campos, em Serra Talhada) e Região Metropolitana do Recife (RMR).

Na RMR, foram novos 10 leitos de UTI e 20 de enfermaria no Hospital de Referência à Covid-19 – unidade Olinda (Maternidade Brites de Albuquerque); e 10 vagas de UTI no Hospital Real Português (HRP), no Recife, que mantém convênio com o SUS.

Na última sexta-feira (11), 51 leitos de enfermaria foram colocados em operação no Hospital Agamenon Magalhães (HAM), na zona norte do Recife.

Ao todo, a rede de saúde pública em todo o Estado conta, atualmente, com 1.773 leitos dedicados, exclusivamente, aos pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), incluindo, portanto, casos suspeitos e confirmados da Covid-19. São 879 leitos de enfermaria ativos, com ocupação em 67%, e 894 leitos de UTI ativos, com ocupação em 83%. A ocupação média do total de leitos do Estado é 75%.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário